Policiais encontram carro de cirurgião assassinado no Rio

Um homem suspeito de envolvimento no assassinato de Claudio Marsili foi preso
-Publicidade-
Cirurgião plástico Claudio Marsili, de 64 anos, foi assassinado no Rio
Cirurgião plástico Claudio Marsili, de 64 anos, foi assassinado no Rio | Foto: Reginaldo Pimentar/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

A polícia do Rio localizou na tarde desta terça-feira, 19, o carro do cirurgião plástico Claudio Marsili, de 64 anos, que foi assassinado pela manhã na Barra da Tijuca, zona oeste da cidade. O veículo foi encontrado por agentes da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) da Polícia Civil em uma rua do bairro da Tijuca, zona norte da capital fluminense.

O veículo utilizado pelos criminosos também foi localizado. Um homem suspeito de envolvimento no assassinato foi preso dentro do carro —  Thiago Barbosa dos Santos, de 38 anos, tem 13 anotações criminais. A mochila do médico estava dentro do automóvel.

-Publicidade-

Como noticiamos, Marsili estacionava o carro próximo à clínica Vitée, da qual era sócio, quando foi surpreendido por criminosos armados em um automóvel. O médico foi baleado mesmo depois de ter entregado o veículo aos bandidos.

Os bombeiros foram acionados pouco antes das 6h40 para o socorro, mas encontraram o cirurgião morto.

Com informações do G1

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.