Rede Globo perde os direitos de transmissão de mais um evento

Em agosto, a emissora carioca já havia rompido com a Taça Libertadores.
-Publicidade-
Galvão Bueno estará na Globo em 2021, mas sem narrar a Fórmula 1 | Foto: REPRODUÇÃO/GLOBO
Galvão Bueno estará na Globo em 2021, mas sem narrar a Fórmula 1 | Foto: REPRODUÇÃO/GLOBO | galvão bueno - fórmula 1 - rede globo

Emissora anuncia que deixará de exibir as corridas da Fórmula 1

galvão bueno - fórmula 1 - rede globo
Galvão Bueno estará na Globo em 2021, mas sem narrar a Fórmula 1 | Foto: REPRODUÇÃO/GLOBO

Nesta semana, a direção da Rede Globo anunciou que não renovou os direitos de transmissão da Fórmula 1, considerada a principal competição de automobilismo no mundo. Essa é mais uma baixa confirmada no cardápio oferecido pelo esporte da emissora a seus telespectadores.

-Publicidade-

Leia mais: No futebol, a liberdade entra em campo

Assim, a Rede Globo confirmou o que já vinha sendo especulado no meio publicitário. A decisão em relação à Fórmula 1, e que já valerá a partir da temporada 2021 da competição, ocorre três semanas após o canal perder os direitos de exibição da Taça Libertadores. Na ocasião, o veículo de comunicação culpou a paralisação provocada pelo vírus chinês para romper o contrato com a Confederação Sul-Americana de Futebol.

Em relação à Fórmula 1, a Rede Globo não deu detalhes das razões para o fim da parceria que durava há décadas, e de forma exclusiva, na televisão aberta do Brasil. Entretanto, a empresa de mídia mantida pela família Marinho fez questão de propagar ter “um dos maiores” portfólios de direitos de eventos esportivos do planeta. Portfólio que perde a famosa competição automobilística.

Revisão do portfólio

“Como parte da revisão de seu portfólio de direitos, um dos maiores entre emissoras de TV do mundo, a Globo optou por não renovar os direitos de transmissão da Fórmula 1 a partir de 2021. Mesmo sem a transmissão das corridas, a Globo continuará a fazer a cobertura da categoria em suas diversas plataformas”, informou a direção da emissora em comunicado oficial, conforme noticia o portal UOL.

Nesse sentido, a emissora não explicou como será feita a cobertura da F1 sem a exibição das corridas. Exibida pela concorrente TNT, a final da Champions League, por exemplo, não teve destaque na programação da emissora.

MAIS: “Por que a Globo abriu mão de exibir jogos da Libertadores?”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

9 comentários Ver comentários

  1. Por que raios você vai assistir uma competição de máquinas e pilotos como esta, sabendo que um AirBus 320 Neo, consegue fazer tudo autonomamente basicamente com a leitura de uma carta de voo e apertando alguns botões… Para quem viu toda a carreira de Piquet, Prost, Senna, Mansel e outros bons pilotos não há o que justifique acompanhar esse evento.

    1. Nada a ver. Meu pai assiste a Formula 1 fielmente toda corrida, e quando pode, rali, stock car, e as competições européias. Quem gosta de automobilismo, a F1 é um belo esporte.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.