Sede do ministério da Economia é vandalizada

Grupo ainda não identificado lançou balões com tinta contra a fachada; é o terceiro ataque promovido em Brasília
-Publicidade-
A fachada foi manchada com as tintas nas cores do Brasil
A fachada foi manchada com as tintas nas cores do Brasil | Foto: Reprodução

A fachada do Ministério da Economia, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, amanheceu manchada.

Vândalos atiraram balões com tintas contra o prédio. São ao menos duas dezenas de manchas nas cores da bandeira brasileira no letreiro que identifica a sede do ministério.

-Publicidade-

Segundo os vigilantes, o ataque pode ter acontecido durante a madrugada, entre às três e às cinco da manhã, durante a troca de turnos. Por enquanto, nenhum suspeito foi identificado. O local possui câmeras de segurança, que devem auxiliar nas investigações.

Essa não é a primeira vez que o prédio é vandalizado. No dia 7 de outubro, integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) protestaram contra o ministro Paulo Guedes e picharam a lateral do prédio. Dois dias depois, os militantes voltaram a agir e picharam vários pontos de Brasília com ofensas ao presidente Bolsonaro e ao ministro.

No dia 14 de outubro, integrantes do ajuntamento invadiram, picharam e depredaram a sede da Associação Brasileira de Produtores de Soja na capital federal. Os militantes picharam portões, muros e paredes do edifício e jogaram tinta vermelha nas janelas.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários Ver comentários

    1. MP, PF, Xandão, ninguém vê como “perigosíssimo” essa bandidos da esquerda criminosa? Será que só a opinião de conservadores causa medo no poder supremo? Medo de que?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.