Após restrições da China, bitcoin despenca e é cotada abaixo de US$ 40 mil

Nas últimas 24 horas, moeda digital atingiu a cotação mínima de US$ 36,2 mil; valor significa declínio de 45% em relação à máxima histórica
-Publicidade-
<i>Bitcoin</i> registrou forte queda após anúncio de medidas restritivas por instituições financeiras da China
Bitcoin registrou forte queda após anúncio de medidas restritivas por instituições financeiras da China | Foto: Reprodução/Bloomberg

A cotação do bitcoin voltou a despencar nesta quarta-feira, 19, caindo abaixo de US$ 40 mil pela primeira vez desde fevereiro deste ano. O tombo reflete a preocupação dos mercados após o anúncio de instituições financeiras da China de que não aceitariam transações com criptomoedas, como noticiamos há pouco.

Nas últimas 24 horas, a moeda digital atingiu a cotação mínima de US$ 36,2 mil, de acordo com a bolsa de criptomoedas Coindesk. O valor significa um declínio de 45% em relação à cotação máxima alcançada pelo bitcoin (US$ 64,8 mil). Apesar do tombo de hoje, a moeda digital ainda registra uma alta acumulada de 27% nos últimos 12 meses.

Leia mais: “China proíbe transações com criptomoedas”

-Publicidade-

Na semana passada, como registramos, o bitcoin já havia sofrido uma queda de 17%, fechando abaixo de US$ 50 mil, horas depois de o dono da Tesla, o bilionário Elon Musk, ter anunciado que não aceitaria mais a criptomoeda nas vendas da montadora por questões ambientais.

Com informações do Financial Times

Leia também: “Após declarações de Musk, bitcoin registra 2ª maior queda na história”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro