Banco Central anuncia mudanças no Pix

Transferências ficarão limitadas a R$ 1.000 à noite para evitar roubos e sequestros
-Publicidade-
Pix é o pagamento instantâneo brasileiro | Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Pix é o pagamento instantâneo brasileiro | Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O Banco Central (BC) anunciou nesta sexta-feira, 27, que está desenvolvendo, em conjunto com as instituições financeiras, mecanismos adicionais de segurança para o Pix e outros meios de pagamento digitais. Ainda não foi informado quando as novas regras passarão a valer.

Entre as medidas em implementação está o estabelecimento do limite de R$ 1.000 para operações entre pessoas físicas no período noturno (das 20 horas às 6 horas), incluindo transferências intrabancárias, Pix, cartões de débito e TEDs.

Lei mais: “Banco Inter anuncia compra da fintech USEND”

-Publicidade-

Bandidos têm tirado vantagem da facilidade e da rapidez do Pix para aplicar golpes ou para pedir que a vítima transfira grandes quantias rapidamente durante roubos ou sequestros. Para impedir essa prática, o BC pretende estabelecer prazo mínimo de 24 horas para efetivar aumento de limites de transações.

A ideia também é oferecer aos clientes a possibilidade de estabelecer limites diferentes no Pix para os períodos diurno e noturno, permitindo valores menores durante a noite. O usuário poderá cadastrar previamente contas que poderão receber Pix acima dos limites estabelecidos.

O bancos também poderão reter uma transação Pix por 30 minutos durante o dia ou por 60 minutos durante a noite para a análise de risco da operação, informando ao usuário quanto à retenção.

“Em conjunto, essas medidas, bem como a possibilidade de os clientes colocarem os limites de suas transações em zero, aumentam a proteção dos usuários e contribuem para reduzir o incentivo ao cometimento de crimes contra a pessoa utilizando meios de pagamento, visto que os baixos valores a serem eventualmente obtidos em tais ações tendem a não compensar os riscos”, afirma o Banco Central.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro