-Publicidade-

Banco Central projeta ‘retomada robusta’ da economia no 2° semestre

Segundo o Comitê de Política Monetária (Copom), a economia brasileira vinha 'surpreendendo positivamente' desde o fim do ano passado
Comitê de Política Monetária do Banco Central espera recuperação da economia do país no segundo semestre
Comitê de Política Monetária do Banco Central espera recuperação da economia do país no segundo semestre | Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Divulgada nesta terça-feira, 23, a ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) — que elevou a taxa básica de juros (Selic) de 2% para 2,75% ao ano — mostra que o Banco Central está otimista em relação a uma recuperação da economia brasileira no segundo semestre deste ano, com o avanço da vacinação contra a covid-19.

De acordo com a instituição, há possibilidade real de que o país experimente uma “retomada robusta” na segunda metade deste ano.

Leia mais: “Em carta, economistas defendem medidas de combate à pandemia”

“O comitê avaliou que uma possível reversão econômica devido ao agravamento da pandemia seria bem menos profunda do que a observada no ano passado e, provavelmente, seguida por outra recuperação rápida”, diz a ata. “Para o comitê, o segundo semestre do ano pode mostrar uma retomada robusta da atividade, na medida em que os efeitos da vacinação sejam sentidos de forma mais abrangente.”

Ainda segundo o Copom, a economia brasileira vinha “surpreendendo positivamente” desde o fim do ano passado, mas ainda não há dados concretos sobre o possível impacto da nova alta de casos e mortes por covid-19, que afeta mais uma vez os setores produtivos. “O comitê ponderou que, apesar da recente aprovação de reformas importantes que trarão benefícios no médio prazo, os riscos fiscais de curto prazo seguem elevados devido ao agravamento da pandemia, implicando um viés de alta nessas projeções.”

Leia também: “Mercado aumenta projeção para inflação pela 11ª semana seguida”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.