Bolsas da Ásia fecham instáveis com temor de calote da chinesa Evergrande

Hong Kong se recupera de parte das perdas do dia anterior, porém Tóquio despenca após feriado nacional
-Publicidade-
Risco de calote mexeu com os ânimos dos mercados pelo mundo | Foto: Divulgação
Risco de calote mexeu com os ânimos dos mercados pelo mundo | Foto: Divulgação

A Bolsa de Tóquio voltou do feriado nacional com fortes perdas, reagindo com atrasos aos temores provocados pelo possível calote da empresa chinesa do setor imobiliário Evergrande. O índice Nikkei caiu 2,17%, a 29.839,71 pontos, pressionado por ações ligadas aos setores de máquinas e siderúrgico.

Já em Hong Kong, a bolsa fechou em alta moderada, revertendo parte da queda de 3,3% que sofreu na segunda-feira 20. O índice Hang Seng subiu 0,51%, a 24.221,54 pontos.

Conforme publicou Oeste, há temores que a Evergrande, que acumula mais de US$ 305 bilhões em dívidas, quebre de vez e prejudique outras empresas do segmento.

-Publicidade-

Aceno ao mercado

Nesta terça-feira, 21, a mídia chinesa publicou que o presidente do conselho de administração da Evergrande, Hui Ka Yuan, enviou uma carta aos funcionários afirmando que a empresa vai cumprir suas responsabilidades com compradores de imóveis, investidores, parceiros e instituições financeiras.

“Eu acredito fortemente que, com seu esforço conjunto e trabalho duro, a Evergrande sairá de seu momento mais sombrio, retomará construções em escala total o mais rápido possível”, explicou Hui, sem dar mais detalhes de como irá fazer isso.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.