José Mauro Coelho pede demissão da presidência da Petrobras

Executivo deixa a empresa estatal em momento de crise na política de combustíveis e de intensa pressão do meio político
-Publicidade-
José Mauro Ferreira Coelho não resistiu às pressões no comando da Petrobras
José Mauro Ferreira Coelho não resistiu às pressões no comando da Petrobras | Foto: Reprodução/TV Brasil

José Mauro Ferreira Coelho não é mais presidente da Petrobras. Em meio à crise sobre a política de preços de combustíveis e com a pressão de setores políticos, o executivo resolveu deixar a empresa estatal.

A Petrobras informou sobre a saída de Ferreira Coelho por meio de um comunicado breve na manhã desta segunda-feira, 20. O executivo também decidiu renunciar ao seu cargo no Conselho de Administração da empresa.

“A nomeação de um presidente interino será examinada pelo Conselho de Administração da Petrobras a partir de agora”, disse a companhia, em comunicado. “Fatos considerados relevantes serão prontamente comunicados ao mercado.”

-Publicidade-

O pedido de demissão de José Mauro Ferreira Coelho acontece em momento de crise na condução da política de combustíveis no país, marcada pelo aumento nos preços de gasolina e diesel na última semana.

Na sexta-feira, a Petrobras anunciou o reajuste do litro da gasolina vendido às distribuidoras, que passou de R$ 3,86 para R$ 4,06, em aumento de 5,2%. Por sua vez, o diesel saiu de R$ 4,91 para R$ 5,61, com salto de 14,2%. Os novos valores começaram a valer a partir do sábado.

É o primeiro aumento da gasolina em três meses. O último reajuste havia sido feito em 11 de março. Já o preço do diesel foi modificado em 10 de maio.

O reajuste foi aprovado na quinta-feira pelo Conselho de Administração da Petrobras. A estatal tem praticado no mercado interno preço abaixo do vendido no exterior, em momento de turbulência internacional, em razão dos efeitos da guerra entre Rússia e Ucrânia. A defasagem do diesel é de 18%, segundo a Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom). O preço da gasolina, por sua vez, tem defasagem de 14%.

José Mauro Ferreira Coelho foi o terceiro presidente da Petrobras no governo Bolsonaro, substituindo o general Joaquim Silva e Luna em maio, depois de ter o nome aprovado em comissões internas da empresa.

Pressão política

A saída de Ferreira Coelho acontece depois de um fim de semana de intensa pressão política, com o presidente Jair Bolsonaro (PL) falando abertamente sobre a intenção de apoiar a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara dos Deputados para investigar a cúpula da Petrobras.

“A ideia nossa é propor uma CPI para investigar o presidente da Petrobras, os seus diretores e também o Conselho Administrativo e Fiscal. Nós queremos saber se tem algo errado nessa conduta deles, porque é inconcebível se conceder um reajuste com o valor dos combustíveis lá em cima e com os lucros exorbitantes que a Petrobras está tendo”, disse Bolsonaro.

Atual presidente da Câmara, o deputado Arthur Lira (PP-AL) também se manifestou a respeito da crise no fim de semana, inclusive pedindo a renúncia de Ferreira Coelho.

“A grande questão da Petrobras, hoje, é que ficou escancarada sua dupla face: quando quer ganhar tratamento privilegiado do Estado brasileiro, a empresa se apresenta como uma costela estatal. Mas, na hora em que lucra bilhões e bilhões em meio à maior crise da história do último século, ela grita o coro da ‘governança’ e se declara uma capitalista selvagem. Chegou a hora de tirar a máscara da Petrobras”, criticou Lira.

Recentemente, o governo Bolsonaro trocou o comando do Ministério de Minas e Energia, com a missão de fazer andar o processo de desestatização da Petrobras. Ex-integrante do Ministério de Economia, Adolfo Sachsida assumiu a pasta e logo preparou ofícios sobre a privatização da estatal.

Em maio, a Petrobras anunciou lucro de R$ 44,5 bilhões no primeiro trimestre de 2022, uma alta de mais de 3.700%, diante do R$ 1,16 bilhão de um ano antes.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

27 comentários Ver comentários

  1. Me expliquem: O ALCOOL combustível na bomba em dez. 2018 custava R$2,83 na média nacional, a gasolina R$4.56 e o diesel R$3,47.
    A conjuntura internacional recente levou os derivados de petróleo às alturas, mas nosso agro e o cultivo de cana de açúcar não teve esta interferência, então o aumento do álcool atual na mesma proporção do derivado de petróleo é ou não é uma bela manobra dos usineiros para encher as burras de $$$$$ ? Vamos ver com as novas medidas de possibilidade das usinas fornecerem diretamente aos postos vai fazer algum efeito.

  2. Tem de privatizar tudo. Esse é o ponto. Acabar com a participação pública na Petrobras que só serve para cabide de empregos. Nem vinte por cento dos funcionários são concursados. Então venda logo, abra esse mercado, apesar de que a vida útil desses combustíveis fósseis esteja se esgotando, será renovada. Ainda bem. Imagine o cidadão brasileiro ter de pagar essa fortuna pelo litro do Álcool por conta da gasolina? É cada coisa que não dá para entender.

  3. Bolsonaro esta caindo na armadilha da mídia. A gasolina esta cara no mundo todo, mas so aqui o presidente quer intervir artificialmente no preço. O mesmo q fizeram os petralhas….deixa a economia com o paulo guedes presidente, pq toda vez q vc se mete, fala besteira.

      1. E por idiotas q nem vc. que lulladrao tem chance de ganhar. E tao imbecil q acha q bolsonaro e uma especie de ser infalivel. Vc assim como ele nao entende nada de economia. Vai estudar antes de falar merda. Vou votar nele, mas nao por causa de fdp q nem vc. Vai procurar tua mae na zona q vc ganha mais

  4. A petrobras é controlado por Fundos de Investimentos como o BlackRock BTG Pactual Bancões Brasileiros tem mais um fundo estrangeiro ..ai que me foge o nome agora.
    MAS SÃO TODOS agenda 2030.
    embora tenham só 20- 25% fazem um estrago danado com AMEAÇAS de derrubar a credibilidade da Petrobras.

  5. Muitos liberais argumentam que tem que se praticar os preços de mercado, mas como praticar preços em um mercado monopolizado e cativo, a Petrobras reina absoluta em solo brasileiro, com todas as regalias de ser estatal monopolista. Então esse papinho de leis do mercado é balela.

    1. Então Diego, como explicar o preço praticado pelo negócio agropecuário no mercado interno?. Sabe porque 1 garrafa de 900 ml. de óleo de SOJA(temos para DAR e VENDER) custava em 2019 R$2,60 e atualmente R$9,60? E o CAFÉ, AÇÚCAR, ÁLCOOL, MILHO, PROTEINA ANIMAL, etc.etc.? O diesel vendido nas bombas é composto de 90% de diesel da Petrobras ao preço por lt. de R$4,92 e 10% de biodiesel do Usineiro ao preço por lt. de R$7,30? Tem lógica?

  6. Nesta terça-feira (14/06), a Brigada Petroleira, composta por representantes da FUP e da FNP, deu continuidade às atividades em Brasília em defesa da Petrobrás e das estatais.

    Pela manhã, os integrantes da Brigada participaram do ato contra a criminosa venda da Eletrobras por parte do governo Bolsonaro, evento que reuniu eletricitários, petroleiros e petroleiras e movimentos populares que compõem a Plataforma Operária e Camponesa da Água e da Energia (POCAE).

  7. Bolsonaro é um gênio.

    Vai criar uma CPI para tirar a máscara dessa estatal.

    A primeira máscara já caiu.

    Quem serve as trevas não suporta a luz, dos holofotes.

    1. 0 presidente não questiona o preço, ele questiona o lucro da Petrobras. Enquanto no mundo todo as petrolíferas baixaram seus lucros, para não sangrar os países, a Petrobras fez o contrário aumentou seu lucro consideravelmente.

      1. Que petroleiras dominuiram o lucro??? Qta besteira postam aqui…

    1. Verifique se todos da fup estão filiados em partidos da esquerda?
      Taxar em 50%salários acima de 100 mil.
      Taxar bônus acima de 100 mil em 70%.
      Taxar em 20% acionistas com lucros acima de 20%.
      Taxar exportação de combustíveis.
      Solução mesmo é privatizar e implantação de 70 refinarias

  8. O sindicato da petrobras e sua falante associação de engenheiros permaneceram calados durante o longo periodo de saques que o PT/PMDB fizeram na empresa. Agora com Bolsonaro na Presidencia da Republica não perdem oportunidade de combater o Brasil na esperança de minar a popularidade do PR. Um absurdo esse lucro publicado, sinal que a tal equiparação com o mercado é uma desculpa esfarrapada.

  9. Conforme o Noblat, Bolsonaro em breve receberá um tiro no peito. Começo a desconfiar desses Noblat sobre a facada do Adelio. Se apertar Adelio confessa.

  10. O Conselho deve ter pressionado para que saísse…. Sim. Deve ter CPI. Alguém deve estar “mandando” muito lá dentro. E não é o governo majoritário da empresa….

  11. O que o mundo dirá sobre essa insanidade de políticos, imprensa e mal informados consumidores de combustíveis, atribuírem às direções da Petrobras e seus investidores minoritários, a inflação dos combustíveis e que em cadeia atinge até os alimentos?. Como entender que o nosso insano e irresponsável parlamento queira fazer uma CPI contra DIRETORES da empresa que sanearam os mal feitos dos governos do PT, desenvolveram tecnologia extraindo petróleo de melhor qualidade e produtividade, reduziu poluentes nos combustíveis que produz, reduziu importantemente o endividamento em US$ e contribuiu com elevados impostos, royalties e DIVIDENDOS mais de R$470 bi de 2019 até o momento. Só de DIVIDENDOS em 21 até meados de 22 pagou mais de R$47 bi à UNIÃO (POVO BRASILEIRO). Se os políticos não sabem fazer AÇÕES SOCIAIS com esse DIVIDENDO, então devolvam à PETROBRAS que sua competente DIREÇÃO saberá SUBSIDIAR o preço do DIESEL utilizado pelo transporte de cargas e passageiros. Por que os políticos e a imprensa nada falam sobre os preços do ÁLCOOL ANIDRO e do BIODIESEL dos USINEIROS. A GASOLINA COMUM é composta de 73% de gasolina A (PETROBRAS) e 27% de álcool anidro (USINEIRO) e o DIESEL é composto de 90% diesel (PETROBRAS) e 10% biodiesel (USINEIRO). A PETROBRAS cobra R$3,85 por lt. de gasolina A e R$4,92 por lt. do diesel. e o USINEIRO R$3,56 por lt. de álcool e R$7,30 por lt. de biodiesel.
    Agora, alguém sabe que coleta de preços da ANP de 05 a 11/06 da gasolina comum nas bombas (R$7,25), o ICMS que nada produz recebe (R$1,75) e Dist/Rev. que só presta serviços privados (R$1,04) que somados (R$2,79) são quase o preço da gasolina A da Petrobras (R$2,81). E não tem imprensa, politicos e consumidores desinformados que reclamem dos governadores e dos empresários. Dá para entender?
    Alguém sabe por que 1 garrafa de 900 ml de óleo de SOJA que custava R$2,60 em 2019 custa agora R$9,60? Tem imprensa atribuindo essa absurda variação ao elevado preço dos combustíveis. Que falta faz a alfabetização neste pais.

    1. Então Antonio Carlos Neves, a gente agradece a sua explanação que foi didática …. Mas veja, você acha que lucro de R$ 44,5 bilhões no primeiro trimestre de 2022, uma alta de mais de 3.700%, frente os R$ 1,16 bilhão do ano anterior depois de guerra na Ucrania, o maior periodo de estiagem dos ultimos 91 anos e pandemia de Coronavirus é justificável ?

  12. Quais os fatos não revelados deste imbróglio estranho que coloca em lados opostos o governo, o maior acionista e seu controlador, e as decisões do conselho e seus diretores???

  13. Vou explicar!!
    O CORPO DIRETIVO DA PETROBRAS ESTA APARELHADO…..PORR@@@@!
    Será dificil endenter isso BOZO??!!
    Se a sua intenção é “expor” a canalhice da Petrobras… OK!
    JÁ EXPOS!! por 3-4 vezes.
    AGORA ABRA A CPI E AFASTE OS DIRETORES, SUPERINTENDENTES E DEPARTAMENTOS.
    Presidente da Petrobras SOZINHO não fará nada num reunião com LOBOS encarniçados com altissimos salários.
    ABRA A CPI e LIMPE A PETROBRÁS e Conselho Administrativo …
    VOCÊ BOZO….indica MUITO mal as pessoas…PELO AMOR DE DEUS Homem.
    MUITO MAL ASSESSORADO OU MUITO BOBO.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.