Servidores do Banco Central decidem retomar a greve na terça

Categoria segue insatisfeita com proposta de reajuste linear de 5% para todo o funcionalismo público federal
-Publicidade-
BC deve voltar a apresentar interrupções na publicação de informações
BC deve voltar a apresentar interrupções na publicação de informações | Foto: Arquivo/Agência Brasil

Os servidores do Banco Central (BC) anunciaram que vão retomar a greve na próxima terça-feira, 3, por tempo indeterminado. Segundo o Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal), a decisão foi aprovada em assembleia.

A categoria havia suspendido o movimento em 19 de abril. Na ocasião, os servidores advertiram que cruzariam os braços novamente caso não houvesse avanço nas negociações. Mesmo com a greve suspensa, os funcionários do Banco Central continuaram a fazer paralisações diárias, entre 14h e 18h.

A nova fase do movimento grevista deve seguir as mesmas características da paralisação iniciada em 1º de abril, com interrupção na publicação de informações, como as estatísticas financeiras. Nos últimos dias, a rotina de divulgações havia sido retomada com o relatório Focus, pesquisa semanal com instituições financeiras.

-Publicidade-

Reivindicações

Os servidores do Banco Central reivindicam reposição das perdas inflacionárias nos últimos anos, que chega a 27%. O movimento também pede a mudança da nomenclatura de analista para auditor e solicita a exigência de nível superior para ingresso dos técnicos do BC.

Em negociações prévias com Roberto Campos Neto, presidente do BC, a categoria foi informada de que o governo não iria além da proposta de reajuste linear para todo o funcionalismo público, com 5% de aumento. Este patamar segue abaixo do que espera o Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central.

“Não podemos mais esperar. Somente com ações contundentes, conseguiremos mudar o cenário de aprofundamento das assimetrias remuneratórias e, consequente, desvalorização da classe que se desenha”, informou o sindicato, em comunicado.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.