-Publicidade-

STF libera a privatização da Casa da Moeda e outras 5 estatais

Magistrados decidiram rejeitar a Ação do PDT que tentava impedir a venda destas empresas
Fonte: Reprodução/Google Maps
Fonte: Reprodução/Google Maps
Fonte: Reprodução/Google Maps

Nesta sexta-feira, 5, por nove votos a dois, o Supremo Tribunal Federal liberou a privatização da Casa da Moeda e outras cinco estatais. Os magistrados decidiram rejeitar a Ação do PDT que tentava impedir a venda destas empresas. Com a decisão, também poderão ser vendidas a Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados), o Dataprev, a ABGF (Agência Brasileira Gestora de Fundos Garantidores e Garantias), a Emgea (Empresa Gestora de Ativos) e o Ceitec (Centro Nacional de Tecnologia Eletrônica Avançada S/A).

O empresário Salim Mattar, ex-secretário especial de privatizações do Ministério da Economia, comemorou a decisão. “Bola dentro”, comentou. “Menos um entrave para as privatizações e a redução do tamanho do estado”.

Leia também: “Os governos social-democratas são responsáveis pela desigualdade no Brasil”, entrevista com Salim Mattar publicada na Edição 31 da Revista Oeste

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês