TCU abre apuração sobre denúncias de assédio sexual na Caixa

Tribunal atende a pedido do Ministério Público para investigar comportamento do ex-presidente Pedro Guimarães
-Publicidade-
Pedro Guimarães deixou o comando da Caixa depois de denúncias de assédio
Pedro Guimarães deixou o comando da Caixa depois de denúncias de assédio | Foto: Marcos Corrêa/PR

O Tribunal de Contas da União (TCU) abriu apuração sobre as denúncias de assédio sexual que culminaram na demissão de Pedro Guimarães como presidente da Caixa Econômica Federal. Assim, o órgão atende a um pedido feito pelo subprocurador Lucas Rocha Furtado, do Ministério Público de Contas.

Pelo menos cinco funcionárias da Caixa acusam Pedro Guimarães de assédio moral e sexual, como toques íntimos não autorizados e convites incompatíveis com a relação profissional. Diante das repercussões do caso, o economista pediu demissão, na quarta-feira 29.

O TCU manifesta que pretende “apurar as notícias de que o sr. Pedro Guimarães, no exercício da presidência da Caixa Econômica Federal, cometeu assédio sexual e moral contra empregadas e empregados daquela instituição financeira pública, o que, além de caracterizar prática criminosa, configura flagrante violação ao princípio administrativo da moralidade, previsto expressamente no caput do artigo 37 da Constituição”.

-Publicidade-

Investigação no Ministério Público do Trabalho

O Ministério Público do Trabalho (MPT) também investiga as denúncias de assédio na Caixa e, além de Pedro Guimarães, apura o envolvimento do ex-vice-presidente Celso Leonardo Barbosa. O executivo deixou o banco em razão das denúncias.

Na última semana, o MPT notificou e deu o prazo de dez dias para que tanto Guimarães como a Caixa se manifestem sobre as denúncias.

O órgão solicitou à Caixa a relação de denúncias apresentadas contra ambos os executivos. O MPT ainda questiona se as acusações chegaram a tramitar em canais de comunicação internos do banco e pergunta se, de alguma forma, as ações de Pedro Guimarães foram acobertadas.

Nova presidente

Depois do pedido de demissão de Pedro Guimarães, o governo federal confirmou Daniella Marques Consentino como a nova presidente da Caixa. Ex-funcionária do Ministério da Economia, a executiva assume oficialmente o posto em cerimônia marcada para terça-feira 5.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

15 comentários Ver comentários

  1. Uma máquina pública muito instrumentalizada e afinada com a esquerda se mete em assuntos que não são de sua alçada, e não se vê qualquer reação por parte do próprio presidente do TCU que avaliza, por evidente, algo tão anormal.

  2. Acho que esse tal “richard” é uma das barangas varadas…tanto ressentimento. Calma, “ri”, relaxa e goza, não era assim que falava uma abutrepets?

  3. TCU apurar assédio? É polícia agora. Falando nisso, onde andava o tcu quando os abutrespets metiam a mão no pote e dizimavam os cofres públicos? Tem que apurar o assédio dos larápios ao tcu, isso sim.

  4. Após tachar Globo de “lixo”, Bolsonaro se socorre da audiência da “lixeira”… – Veja mais em https://noticias.uol.com.br/colunas/josias-de-souza/2022/07/04/apos-tachar-globo-de-lixo-bolsonaro-se-socorre-da-audiencia-da-lixeira.htm?cmpid=copiaecola

  5. pelo jeito tinha uma dúzia de assediadores na CEF…são os cidadãos de bem dz direita.
    https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2022/07/04/caixa-presidente-diz-chefe-gabinete-5-consultores-afastados-caso-assedio.htm

  6. Não seria melhor o TCU em vez de investigar quebras de cabaços na Caixa apurar para onde foram parar $18bilhóes torrados a maior na Refinaria Abreu e Lima em Recife? Vá ver por este tipo de marmota todos roubam como querem o erário vulgo casa da mãe Joana … cabaços preservados rabo do povo arrombado kkkkk.

  7. Olha, se as fotos das moças que foram as publicadas nas redes sociais, quem sofreu assedio foi o Presidente da Caixa, agora se ele o fez, que apetite heim!!!…. o cara merece um troféu !!!

  8. Que se apure a verdade, agora que agilidade hein, é TCU, MP do trabalho, CPI do Saltitante, PF, Juiz de primeira instancia… Agora, todos calados com a Delação vazada do Tal Marcos Valério, tudo calado com relação as denuncias do PT e o narcotráfico, nem um pio do STE Xandão e cia com as milicias digitais do PT, enfim, nojo, nojo, canalhas e mais canalhas. Que ardam no inferno eternamente!!

    1. simplesmente porque é uma delação fajuta como a do Palloci…não tem provas…diz que ouviu dizer que alguns deputados tinham ligação com o crime…quem disse? quais deputados?

  9. Os 51 milhões que o Presidente da Caixa , um tal de Geddel tinha roubado e escondido num apartamento em Salvador, o TCU não se importou, mas mão na bunda é insuportável.

    1. No fundo estavam até gostando, se sentindo gostosas, porque senão, por que diabos esperaram 3 anos pra falar alguma coisa. Vingança porque tinha muitas na fila. Não sei, estou só pensando.

      1. não esperaram…a denúncia foi feita 3 anos atrás e a corregedoria da caixa não fez nada, aliás acobertou.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.