Chefe do Estado-Maior dos EUA vê risco de guerra civil no Afeganistão

Mark Milley afirma que grupos terroristas como Al Qaeda e Estado Islâmico podem 'ressurgir'
-Publicidade-
General Mark Milley (à dir.), chefe do Estado-Maior dos Estados Unidos, alerta para risco de guerra civil no Afeganistão
General Mark Milley (à dir.), chefe do Estado-Maior dos Estados Unidos, alerta para risco de guerra civil no Afeganistão | Foto: Reprodução

O chefe do Estado-Maior dos Estados Unidos, general Mark Milley, afirmou neste domingo, 5, que cogita a possibilidade de o Afeganistão entrar em uma “guerra civil” com a saída das tropas norte-americanas do país.

Em entrevista à Fox News, o militar disse que grupos terroristas como a Al Qaeda e o Estado Islâmico podem “ressurgir” com força no território afegão, agora novamente sob controle do Talibã.

Leia mais: “General norte-americano diz ser ‘possível’ trabalhar com Talibã contra Estado Islâmico”

-Publicidade-

“Minha estimativa militar é que é provável que se deem as condições para uma guerra civil”, afirmou Milley. “Não sei se o Talibã será capaz de consolidar seu poder e estabelecer uma governança.”

Leia mais: “O que restou de armamento dos EUA no Afeganistão”

O general foi além: “Acredito que, no mínimo, haja uma probabilidade muito grande de guerra civil, e isso pode levar a uma reconstrução da Al Qaeda ou ao crescimento do Estado Islâmico e de outros grupos radicais”.

Leia mais: “Governo brasileiro deve conceder visto humanitário a afegãos”

Milley classificou ainda como “muito provável” o recrudescimento de atos terroristas no Afeganistão “dentro de 12, 24 ou 36 meses”.

Leia também: “O fiasco de Joe Biden”, artigo de Ana Paula Henkel publicado na Edição 74 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro