Embaixador chinês pede que o Brasil confie no Partido Comunista

A ditadura asiática conseguiu fechar um jornal pró-democracia em Hong Kong e é acusada de 'vazar' o novo coronavírus
-Publicidade-
O secretário-geral do PCC, Xi Jinping
O secretário-geral do PCC, Xi Jinping | Foto: Divulgação/Flickr

Faz-se necessário o “fortalecimento da confiança mútua” entre o Brasil e o Partido Comunista da China (PCC). É o que defendeu o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, em artigo publicado na revista Veja, na quarta-feira 23. Segundo o diplomata, a ditadura não quer confrontos ideológicos mas sim a prosperidade e o bem-estar. “O Partido Comunista da China, sempre com o foco no povo, preserva a saúde e a dignidade de cada cidadão, e conta com a aprovação e o firme apoio da população”, informa trecho do texto.

“China pede que laboratório suspeito de vazar o coronavírus ganhe o Nobel de Medicina”

Conforme noticiou a Revista Oeste, o PCC está sendo investigado pelos Estados Unidos. Há suspeitas de que o novo coronavírus tenha “vazado” do Instituto de Virologia de Wuhan, hipótese negada pelo regime asiático. Além disso, por pressão do PCC, um jornal pró-democracia de Hong Kong encerrou as atividades. Os executivos foram presos com base na lei de segurança nacional. No que diz respeito às vacinas, países que compraram a CoronaVac relatam chantagem e novos casos de infecção, com mortes em razão da covid-19.

-Publicidade-

Leia também: “O jogo do gigante”, reportagem publicada na Edição 58 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

13 comentários Ver comentários

  1. O mais legal é que o embaixador não falou nada da relação entre o Brasil e a China, ou do povo brasileiro com o povo chinês, ele falou da relação do Brasil com o Partido Comunista da China, como se a China ou o povo chinês não existisse, apenas o PCC.

  2. “O diabo veio para roubar, matar e destruir”! Para isso usa de MUITA persuasão e alicia de todas as formas possíveis! Não se negocia com ele! Lembrem-se da história do “carinha em cima do muro”: o anjinho insistia em que ele descesse e fosse para o lado dele, mas o diabinho não falava nada! Até que o “carinha em cima do muro” perguntou ao diabinho por que não dizia nada para que ele (o carinha) fosse para o lado dele! O diabinho explicou que o “muro era dele!” Não se negocia com terrorista, nem com Esquerdista!

  3. “…Faz-se necessário o “fortalecimento da confiança mútua” entre o Brasil e o Partido Comunista da China (PCC)…”

    As relações diplomáticas sempre se dão entre Estados soberanos. O PC chinês, porém, subverteu tal ordem colocando-se acima de tudo e de todos. Daí poder afirmar categoricamente “O Estado sou Eu”.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.