EUA compram US$ 119 milhões em vacinas para varíola após primeiro caso

Governo compra 13 milhões de doses da vacina Jynneos, fabricada pela Bavarian Nordic, após primeiro diagnóstico em Massachusetts
-Publicidade-
A doença é conhecida pela erupção cutânea aparente
A doença é conhecida pela erupção cutânea aparente | Foto: Divulgação/Medicago

O governo dos EUA anunciou nesta quinta-feira 20 que encomendou 13 milhões de vacinas contra a varíola. Ao todo, foram gastos US$ 119 milhões em imunizantes da farmacêutica dinamarquesa Bavarian Nordic.

A decisão por trás da compra aconteceu depois que o primeiro caso de varíola foi notificado no país, em um homem do estado de Massachusetts. Ele se tornou o primeiro norte-americano infectado pelo vírus neste ano

De acordo com comunicado oficial enviado para imprensa, a Bavarian Nordic anunciou que “as primeiras doses da vacina Jynneos serão fabricadas e faturadas em 2023 e 2024.” Embora este seja o primeiro caso de varíola nos EUA em 2022, no Reino Unido a situação é outra. Até então, nove homens foram diagnosticados com o vírus no país apenas no mês passado.

-Publicidade-
Vírus da varíola
Vírus da varíola (Foto: Reprodução/Wikimedia Commons)

Em nota, o Departamento de Saúde de Massachusetts (MDH) descreveu a doença para alertar os cidadãos. “A varíola é uma doença viral rara, mas potencialmente grave, que normalmente começa com uma doença semelhante à gripe e inchaço dos gânglios linfáticos e progride para uma erupção cutânea no rosto e no corpo”, explicou.

O documento apresenta ainda as diretrizes que os médicos devem seguir para considerar um diagnóstico de varíola. Segundo o MDH, deve-se considerar o caso de infecção em pacientes que apresentaram “uma erupção cutânea; viajaram, nos últimos 30 dias, para um país que teve casos confirmados ou suspeitos; relato de contato com uma ou demais pessoas com varicela confirmada ou suspeita; ou é um homem que relata contato sexual com outros homens.”

 

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.