-Publicidade-

Holanda proíbe voos do Brasil e de outros países

Governo local fala em ação contra o coronavírus
Bandeira da Holanda
Bandeira da Holanda | Foto: Reprodução/Internet

A Holanda anunciou nesta quinta-feira, 4, que não receberá em seu espaço aéreo voos que venham de 17 países, entre eles o Brasil. Citada como forma de se combater a disseminação de variantes do coronavírus, a medida adotada pelo governo holandês será válida — inicialmente — até 1º de abril.

Leia mais: “Alemanha inicia ofensiva contra partido de direita”

O tráfego aéreo ficará restrito na Holanda para aviões que passaram pelo Reino Unido e pela África do Sul, nações onde variantes da covid-19 surgiram nas últimas semanas. Além do Brasil, a restrição tem como alvo outros 14 países e territórios das Américas: Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Guiana Francesa, Guiana, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Suriname, Uruguai e Venezuela.

Além da proibição de voos, o governo holandês estendeu o toque de recolher em todo o país. Dessa forma, as pessoas estão proibidas de circular nas ruas das 21 horas às 4h30. O confinamento noturno será mantido até 15 de março, informa a agência de notícias Lusa.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.