Índia retomará exportação de vacinas contra a covid-19

Envio para outros países foi interrompido em abril
-Publicidade-
| Foto: Divulgação/Flickr
| Foto: Divulgação/Flickr

A Índia, maior fabricante mundial de vacinas, disse que retomará a exportação de imunizantes contra a covid-19 a partir do próximo trimestre. A informação foi divulgada nesta segunda-feira, 20, pelo Ministério da Saúde indiano. A pasta deu sinais de que neste primeiro momento irá priorizar a plataforma global de compartilhamento de vacinas Covax e países vizinhos.

Leia mais: “Covid-19: Justiça autoriza professora a não tomar a vacina”

O envio das vacinas indianas ao exterior foi interrompido em abril deste ano para que o país se concentrasse na população local. Desde então, a produção mensal mais do que dobrou e deve quadruplicar e chegar a 300 milhões de doses no mês que vem, segundo estimativa do ministro da Saúde indiano, Mansukh Mandaviya.

-Publicidade-

Leia também: “A evolução da doença no Brasil e no mundo”, painel de Oeste sobre a pandemia

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.