Moscou anuncia lockdown para conter coronavírus

Rússia registrou o maior número diário de mortes e infecções desde o início da pandemia
-Publicidade-
Com as novas medidas, apenas serviços essenciais poderão funcionar em Moscou
Com as novas medidas, apenas serviços essenciais poderão funcionar em Moscou | Foto: Vladimir Pesnya/Sputnik

As autoridades de Moscou, capital da Rússia, anunciaram o fechamento da maioria dos serviços não essenciais a partir do dia 28, próxima quinta-feira, informou o jornal The Guardian.

De acordo com a prefeitura, o país registrou mais de mil mortes diárias pelo novo coronavírus desde o início da pandemia.

“A situação em Moscou continua a se desenvolver no pior cenário. Nos próximos dias, atingiremos um pico histórico na batalha contra a covid-19”, disse o prefeito de Moscou, Sergei Sobyanin, em um comunicado divulgado nesta quinta-feira, 21.

-Publicidade-

Com as novas medidas, todas as lojas, escolas e academias serão fechadas. Restaurantes e cafés poderão funcionar como delivery, enquanto teatros e museus vão reduzir a capacidade e exigirão prova de vacinação ou recuperação da covid-19. Os estabelecimentos de venda de medicamentos, produtos de alimentação e de primeira necessidade poderão ficar abertos.

Um dia antes, o presidente russo, Vladimir Putin, anunciou um feriado nacional de uma semana a partir de 30 de outubro para impedir a propagação de infecções.

A Rússia superou repetidamente o maior número de mortes e infecções por covid nas últimas três semanas, com apenas um terço do país totalmente vacinado.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

6 comentários Ver comentários

  1. Me lembro logo nos primeiros dias da pandemia os incautos esquerdistas exaltando as medidas absurdas e autoritárias da Rússia em fechar todas as fronteiras, vi e ouvi muitos dementes tomando o Putin como exemplo de estar seguindo a “siência” e logo depois anunciaram uma tal vacina Sputinik milagrosa que o consórcio nordeste estavam loucos para comprar e aplicar no povo nordestino! Bom, resultado prático de tudo isso, fechar as fronteiras não resolveu nada e a vacina russa não passa de um placebo!

  2. Pelo jeito, o lobby da vacina está sendo desmascarada. Embora, torcemos que a vacina seja eficaz, mas é gritante que “Eles” não estão preocupados com a saúde e sim com os lucros!

  3. Mas, e a tal vacina Sputnik? Foi para o espaço? Para fabricar armamentos é com eles mesmo, com que dinheiro eu não sei mas para combater um vírus, haja incompetência.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.