-Publicidade-

PIB do Reino Unido tem pior queda em 300 anos

Economia do país encolheu 9,9% em 2020 em razão das medidas de isolamento social do premiê Boris Johnson
Conforme o Banco da Inglaterra, o PIB deve encolher em até 4% no primeiro trimestre deste ano
Conforme o Banco da Inglaterra, o PIB deve encolher em até 4% no primeiro trimestre deste ano | Foto: Divulgação/Flickr

O Escritório de Estatísticas Nacionais informou nesta sexta-feira, 12, que o Produto Interno Bruto (PIB) do Reino Unido encolheu 9,9% em 2020. É o pior resultado em mais de 300 anos e expôs os efeitos devastadores do lockdown na economia. Em linhas gerais, os britânicos tiveram a maior queda entre as potências do G-7 — a França teve contração de 8,3%; a Itália, 8,8%; e, a Alemanha, 5%. Apesar dos resultados catastróficos, o primeiro-ministro Boris Johnson dobrou a aposta ao anunciar que as medidas de isolamento social continuarão em vigor. O premiê garante que, apenas com a vacinação, será possível reativar o mercado.

Conforme o Banco da Inglaterra, o PIB deve encolher em até 4% no primeiro trimestre deste ano. Ainda segundo a instituição financeira, o país voltará ao patamar pré-coronavírus só em 2022. “O resultado divulgado hoje mostra que a economia experimentou um grave choque de impacto da pandemia, sentido por países de todo o mundo”, declarou o ministro das Finanças, Rishi Sunak, em entrevista coletiva. Entre outros pontos, ele antecipou que o governo vai discutir por quanto tempo planeja continuar a garantir recursos para benefícios emergenciais ao determinar o orçamento anual no próximo dia 3 de março.

Lockdown não é a solução

Reportagem publicada na edição 45 da Revista Oeste informa que, além de destruir a economia, o isolamento social não reduz o número de mortes por covid-19. Pelo contrário, sempre aumenta de quatro a seis semanas depois de instauradas medidas de confinamento, garantiu o psicólogo Bruno Campello, pesquisador da Universidade Federal de Pernambuco. A constatação do especialista coincide com o relatório do banco J. P. Morgan divulgado ano passado. De acordo com a instituição, os lockdowns não reduziram a curva de contágio do vírus chinês.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês