Província do Canadá estuda imposto para os não vacinados

A taxa deve ser cobrada de quem não tomou a primeira dose
-Publicidade-
Bandeira canadense | Foto: ElasticComputeFarm/Pixabay
Bandeira canadense | Foto: ElasticComputeFarm/Pixabay | Canadá-PIB-Abril

Quebec, no Canadá, vai criar um imposto para os não vacinados contra a covid-19. O primeiro-ministro da Província, François Legault, anunciou na terça-feira 11 que a medida está em estudo.

O político destacou que 90% da população local tomou a vacina. “Acho que devemos a eles esse tipo de medida”, afirmou.

-Publicidade-

De acordo com Legault, a penalidade não deve ser inferior a 100 dólares canadenses — aproximadamente R$ 450 em valores atuais. O imposto para os não vacinados deve ser cobrado de quem não tiver tomado nem sequer a primeira dose dos produtos disponíveis. Entretanto, a medida não se aplica a quem não puder fazer uso dos imunizantes por problemas de saúde.

Metade dos pacientes em UTI de Quebec não está vacinada. A Província tem 8 milhões de habitantes. Atualmente, seus hospitais possuem 2,7 mil pacientes internados com a covid-19. Deles, cerca de 250 estão em terapia intensiva.

Em 30 de dezembro, depois do surgimento da Ômicron, o governo local anunciou a retomada de algumas restrições, como um toque de recolher às 22 horas e a proibição de reuniões privadas. Apesar de ser mais transmissível, a nova variante do coronavírus é considerada menos letal.

Além de Quebec, gregos com mais de 60 anos terão de pagar multa de € 100 (aproximadamente R$ 630) cada mês em que permanecerem não vacinados. Em Cingapura, pacientes com covid que optaram por não tomar o imunizante devem pagar suas despesas médicas.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

12 comentários Ver comentários

  1. Os não-vacinados estão para alguns países atuais como os judeus estavam para a Alemanha nazista: sendo transformados em cidadãos de segunda classe.

  2. “Metade dos pacientes em UTI de Quebec não estão vacinados.” Retirado do próprio texto. Ora, se metade dos pacientes internados em UTI estão vacinados, essa vacina serve pra quê PORRA????

  3. Parece que Trudeau abriu as pernas aos esquerdistas. Que triste ! Quero só ver o que farão depois, contra esses que optaram por não tomar, pagarem a taxa.

  4. Vão até proibir do canadense morrer se não tomar a vacina. Apesar de não imunizar coisa nenhuma, o imunizante será obrigatório no Canadá. Estão até oferecendo liberação de maconha para aqueles que forem se vacinar. Já tem filas nas farmácias lá em Quebec. E não é brincadeira não. A Folha noticiou isso hoje pela manhã. Se é fake, culpa da Folha.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.