Uruguai planeja implantar turismo de vacina

Primeira dose de imunizantes será permitida para estrangeiros que ficarem, no mínimo, 21 dias no país
-Publicidade-
Uruguai estima chegar a 80% da população vacina em setembro e reabrir fronteiras | Foto: Walterson Rosa/MS
Uruguai estima chegar a 80% da população vacina em setembro e reabrir fronteiras | Foto: Walterson Rosa/MS

O Uruguai chegou a 60% da população imunizada com a segunda dose de vacina contra a covid-19 e está próximo de reabrir suas fronteiras em setembro. Com a derrubada das barreiras sanitárias, o governo pretende implantar também o turismo de vacinas.

Leia mais: “STJ pede informações ao Ministério da Saúde sobre distribuição de vacinas”

Segundo os planos, quando 80% dos uruguaios estiverem imunizados, os estrangeiros que ficarem, no mínimo, 21 dias no país, poderão receber a primeira dose da norte-americana Pfizer, da chinesa Sinovac ou da anglo-sueca AstraZeneca.

-Publicidade-

Atualmente, os brasileiros estão proibidos de entrar no Uruguai, a menos que morem no país. Ainda assim, sem vacina, as pessoas precisam cumprir uma quarentena que varia de sete a 14 dias.

Leia também: “Israel vai exigir ‘passaporte da vacina’”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro