Venezuela vai ser investigada por crimes de lesa-humanidade

Em 2017, a ditadura de Nicolás Maduro reprimiu milhares de manifestantes contrários ao regime
-Publicidade-
Nicolás Maduro é quem governa com mão de ferro a Venezuela
Nicolás Maduro é quem governa com mão de ferro a Venezuela | Foto: Reprodução/Flickr

O Tribunal Penal Internacional (TPI) investigará a Venezuela pela possível prática de crimes contra a humanidade, informou o promotor Karim Khan nesta quarta-feira, 3. A violência cometida pela ditadura socialista ocorreu em 2017, quando milhares de manifestantes foram reprimidos em protestos contra o regime comandado por Nicolás Maduro.

Khan passou três dias no país sul-americano, onde participou de três reuniões com o líder chavista. Ao fim da visita, o promotor assinou um memorando de entendimento com Maduro, que se comprometeu a buscar mecanismos “para melhorar a cooperação entre as partes”.

-Publicidade-

“Depois dessa avaliação e desse debate, o promotor decidiu passar à próxima fase da investigação para buscar a verdade”, disse Maduro em comunicado. “Respeitamos sua decisão como Estado, apesar de termos dito que não compartilhamos da mesma ideia”, concluiu.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.