-Publicidade-

Na Austrália, vacina contra a tuberculose será testada para combater o coronavírus

Organização Mundial da Saúde alerta que é importante saber se a BCG pode amenizar os sintomas da covid-19
Pesquisadores estão desenvolvendo medicamentos que atenuam os efeitos da covid-19. Foto: THE OFFICE OF GOVERNOR/TOM WOLF/FICKR
Pesquisadores estão desenvolvendo medicamentos que atenuam os efeitos da covid-19. Foto: THE OFFICE OF GOVERNOR/TOM WOLF/FICKR

Organização Mundial da Saúde alerta que é importante saber se a BCG pode amenizar os sintomas da covid-19

Um estudo encabeçado pelo professor Nigel Curtis, do Instituto de Pesquisa Infantil Murdoch, em Melbourne, na Austrália, garante que a vacina usada para prevenir a tuberculose pode ser eficaz na luta contra a covid-19, informa a Bloomberg.

“Ela pode impulsionar o sistema imunológico para se defender melhor contra uma variedade de infecções, vírus e bactérias diferentes de uma maneira muito mais generalizada”, afirmou o professor, que é chefe da unidade de doenças infecciosas do Royal Children’s Hospital da cidade.

Desta maneira, o governo local está administrando em 4.000 profissionais de saúde a vacina. O bacilo Calmette-Guerin, ou BCG, é utilizado por cerca de 100 anos no tratamento da tuberculose. Além de ser uma imunoterapia comum para o câncer de bexiga em estágio inicial, também parece treinar a primeira linha de defesa imunológica do corpo para combater as infecções.

Com uma imunização especificamente direcionada contra a covid-19, a Organização Mundial da Saúde alerta que é importante saber se a vacina BCG pode reduzir a doença nas pessoas infectadas pelo coronavírus e está incentivando grupos internacionais a colaborar com um estudo liderado por Nigel Curtis.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês