Bolsonaro divulga projeto de Aziz que criminaliza uso de medicamentos sem comprovação científica; senador rebate

Em resposta, presidente da CPI da Covid disse que, após ouvir especialistas, decidiu retirar a proposta antes mesmo de Bolsonaro fazer a publicação nas redes sociais
-Publicidade-
Presidente da CPI da Covid, Omar Aziz | Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado
Presidente da CPI da Covid, Omar Aziz | Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O presidente Jair Bolsonaro divulgou nesta terça-feira, 25, um projeto do presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), que prevê a punição de médicos que receitem remédios sem comprovação científica. Em resposta, o senador disse que, após ouvir especialistas, decidiu retirar a proposta antes mesmo de Bolsonaro fazer a publicação nas redes sociais.

“Médicos podem ser punidos com até 3 anos de detenção caso receitem qualquer remédio sem comprovação científica para aquela doença. Deixe o seu comentário”, escreveu o presidente da República, que compartilhou foto do projeto do senador.

Leia mais: “Na CPI da Covid, Renan fala de tribunal que julgou nazistas e provoca confusão”

-Publicidade-

“Fui informado por minha assessoria de que o presidente Jair Messias Bolsonaro postou um projeto a que eu tinha dado entrada […] e hoje de manhã, quando eu cheguei aqui no meu gabinete, mandei retirar porque muitos profissionais de saúde, amigos meus, disseram: ‘Omar é melhor você analisar bem, isso vai prejudicar a gente’. E eu faço autocrítica naquilo que acho que estou errado”, afirmou durante a CPI.

Omar Aziz aproveitou a oportunidade para alfinetar Bolsonaro: “Perca seu tempo ligando para lideranças políticas internacionais para comprar vacina. Perca seu tempo em salvar vidas, presidente. Coloque dentro do seu Twitter algo; diga assim: ‘Faça isolamento social’, ‘Se cuidem’, ‘Essa doença mata’. Não desça tanto para vir criticar um simples projeto que já foi retirado”.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.