Revista Oeste - Eleições 2022

Comissão da Câmara aprova PEC que limita recursos ao STJ

Proposta que vai ao plenário tem intenção de descongestionar o sistema e reduzir o número de recursos especiais
-Publicidade-
Iniciativa tem intenção de ajudar o STJ a priorizar recursos de relevância para a sociedade
Iniciativa tem intenção de ajudar o STJ a priorizar recursos de relevância para a sociedade | Foto: Divulgação

Uma comissão especial da Câmara aprovou, nesta segunda-feira, 4, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que limita o número de recursos que pode ser apresentado ao Superior Tribunal de Justiça (STJ). Agora o texto segue para votação em plenário, onde precisa de três quintos dos parlamentares (308 de 513 deputados), em dois turnos de votação.

Relatora da PEC, a deputada Bia Kicis (PL-DF) argumenta que o objetivo do filtro é descongestionar o sistema de Justiça e reduzir o número de recursos especiais no STJ.

Estima-se que anualmente mais de 10,7 mil processos cheguem para cada ministro do STJ, alguns deles com questões jurídicas pouco relevantes, o que torna impossível que os casos mais complexos sejam analisados com atenção e agilidade.

-Publicidade-

Composto de 33 ministros, o STJ é responsável por uniformizar o entendimento sobre a legislação federal brasileira. É a instância que analisa recursos de processos de Tribunais de Justiça estaduais e Tribunais Regionais federais.

A proposta que passou na comissão especial define que vai poder recorrer ao STJ quem demonstrar a relevância das questões discutidas no caso e que tratem de direito federal infraconstitucional, ou seja, que não esteja na Constituição.

O mesmo texto já havia sido aprovado em 2017 na Câmara, mas acabou alterado pelo Senado e agora retorna para apreciação dos deputados.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

  1. Se os anjos do STJ precisarem de deslocamento coletivo, e necessário um ônibus pra levar tanta inutilidade, 33, é demais, temos que trabalhar dobrado pra suprir suas necessidades reais.

  2. Eu acho é que devia acabar com esses tribunais superiores, só há desperdício de dinheiro com esses ministros, os atendem somente aos mais poderosos, tanto financeira quanto politicamente!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.