Desoneração da folha deve ir ao plenário, diz Pacheco

Presidente do Senado já havia anunciado a intenção de dar celeridade à tramitação do projeto
-Publicidade-
Rodrigo Pacheco é presidente do Senado
Rodrigo Pacheco é presidente do Senado | Foto: Wallace Martins/Futura Press/Estadão Conteúdo

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), disse na quarta-feira 24 que deverá levar o projeto de desoneração da folha de pagamento diretamente para o plenário da Casa. “Há uma tendência para que o relator seja o senador Veneziano Vital do Rêgo [MDB-PB], que é preparado e certamente fará um ótimo trabalho”, revelou a jornalistas.

A desoneração permite às empresas substituir a contribuição previdenciária de 20% sobre os salários dos empregados por uma alíquota sobre a receita bruta, que pode variar de 1% a 4,5%. Entre os setores da economia que podem aderir a esse modelo estão: comunicação, construção civil, indústria têxtil, máquinas e equipamentos e transporte rodoviário.

-Publicidade-

Conforme noticiou Oeste, Pacheco já havia destacado a importância da proposta. “É um projeto urgente para manter e gerar empregos no Brasil”, afirmou. “Não faz sentido empresas que geram muitas vagas de trabalho no país pagarem mais sobre a folha do que outras empresas que têm faturamento semelhante e empregam muito menos.”

A desoneração está prevista para acabar neste ano, e a proposta original previa a prorrogação até 2026. Entretanto, o relator da proposta, Marcelo Freitas (PSL-MG), sugeriu que a prorrogação fosse até 2023. A alteração está em linha com a sinalização feita pelo presidente Jair Bolsonaro, que, em 11 de novembro, havia dito que o governo estenderia a medida por dois anos.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.