Globo promove último debate presidencial do 1º turno hoje

Veja horário, quem participa e como assistir

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

-Publicidade-
Bolsonaro, Simone e d'Avila, na parte de cima da imagem, e Ciro, Soraya e Kelmon, na parte de baixo
Bolsonaro, Simone e d'Avila, na parte de cima da imagem, e Ciro, Soraya e Kelmon, na parte de baixo | Fotos: Luis Pedruco, André Ribeiro, Tomzé Fonseca, Yuri Murakami e Van Campos/Futura Press/FotoArena/Estadão Conteúdo

O terceiro debate entre os candidatos à Presidência da República nas eleições 2022 ocorre nesta quinta-feira, 29, e será transmitido pela Rede Globo. O evento terá início às 22h30 (horário de Brasília) e será dividido em quatro blocos.

O debate será mediado por William Bonner e, de acordo com a programação da TV Globo, poderá durar até 1h40 da sexta-feira, 30.

Esse é o último encontro dos candidatos antes da eleição. O primeiro turno está marcado para 2 de outubro de 2022 e o segundo turno, se houver, para 30 de outubro.

-Publicidade-

Quem participa

Participam do debate os candidatos Ciro Gomes (PDT), Jair Bolsonaro (PL), Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Luiz Felipe D’Ávila (NOVO), Simone Tebet (MDB), Soraya Thronicke (União Brasil) e Padre Kelmon (PTB). Seguindo a lei eleitoral, foram convidados os candidatos de partidos com representação no Congresso Nacional de, no mínimo, cinco parlamentares e sem impedimento na Justiça, seja eleitoral ou comum.

Se algum candidato faltar, ficou acordado que seu lugar permanecerá vazio, mas será identificado com uma placa com seu nome. O candidato faltoso poderá ser alvo de perguntas.

Regras do debate

O debate terá quatro blocos: o primeiro e o terceiro com temas livres; o segundo e o quarto com temas determinados. Ao final do quarto bloco, cada candidato fará suas considerações finais.

Os candidatos terão 30 segundos para fazer as perguntas e um minuto para a réplica, enquanto o candidato que responde terá três minutos, que poderá dividir como quiser, entre a resposta e a tréplica.

As perguntas, em ordem sorteada previamente, serão feitas sempre de candidato para candidato. O candidato pergunta para um candidato de sua livre escolha, entre os que ainda não tiverem respondido naquele bloco. No bloco de temas determinados, a mecânica é a mesma, com o mediador sorteando em uma urna, antes das perguntas, o tema que deverá ser abordado.

Coletiva de imprensa

Depois que o debate acabar, cada candidato será conduzido à sala de imprensa, nos Estúdios Globo, onde terá a possibilidade de conceder uma entrevista coletiva. A ordem foi definida por sorteio na presença de representantes dos partidos: Luiz Felipe D’Ávila (NOVO), Padre Kelmon (PTB), Soraya Thronicke (União Brasil), Simone Tebet (MDB), Ciro Gomes (PDT), Jair Bolsonaro (PL) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

13 comentários Ver comentários

  1. O capitão tem que responder com o que vai fazer de 202w a 2026.
    Não entrar em polêmica com esses canalhas, pois a Globolixo só detona o nosso presidente.

  2. O larapio vai né, debate em casa não pode faltar, vão tentar massacrar o Presidente com certeza, principalmente os jornalistecos esquerdopatas, que antes da pergunta dão suas M de opiniões e perguntão a outros candidatos em forma de ataques ao PR, espero que esteja preparado, mas da ansia de vomito só de ver a cara daquele tal de Bonercú.

  3. Esse debate será inócuo e vazio, conduzido por uma emissora não confiável. Pra quem já definiu voto no Pres. Bolsonaro assistí-lo será uma tortura e uma inutilidade. Os candidatos repetirão toda a ladainha que já conhecemos. Mas para inovar, sugiro a Bolsonaro perguntas só ao Padre Kelmon e vice-versa. E a primeira pergunta será: tem um candidato aí (sem citar nome pra não dar direito de resposta) que foi tirado da cadeia por um golpe do STF e que estava preso por corrupção, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, condenado por 9 juízes com provas documentais, físicas e pessoais, delação de amigos e colegas de trabalho, etc., que nunca provou sua inocencia, e que saiu do xilindró usando de um artificio que todo criminoso culpado usa: cumplicidade com juizes no encontro de pseudo falhas no processo. Pois bem: o sr., Padre, que tem princípios, que tem honra, que tem caráter, aceitaria ser solto dessa forma, sem provar sua inocencia e ainda mentiria pro povo dizendo que foi inocentado? O Sr. Padre, teria a cara de pau de concorrer à Presidencia da República ou a um cargo de cafetão de boate pra defender um sistema corrupto movido a propina, colocando em risco todos os avanços da Nação nos ultimos 3 anos? Segunda pergunta desta vez a Lula: considerando a péssima qualidade da educação implantada em seu governo anterior, tornando o aluno a maior autoridade da sala de aula, invertendo todos os valores da educação, subvertendo a natureza do ensino e assim criando universitários semi-analfabetos, tornando o professor refém de uma escola militante e partidária, lavando cérebros de adolescentes, o que, hoje voce tem a oferecer para mudar esse quadro, qual seu programa para educação? (as perguntas sobre corrupção e ladroagem deixaria sempre para o Pe. Kelmon responder).

  4. O LADRÃO VAI? É NA GLOBO E TEVE SORTEIO? QUANTA HONESTIDADE.
    LULA….
    LADRÃO LADRÃO LADRÃO LADRÃO LADRÃO LADRÃO LADRÃO LADRÃO LADRÃO LADRÃO LADRÃO LADRÃO
    O TEU LUGAR É NA PRISÃO VAGABUNDO CORRUPTO SAFADO

    SEM ABSTENÇÃO!!

  5. Não assistirei ao debate por três razões: a falsidade do politicamente correto dos apresentadores, a mesmice dos questionamentos, e o horário inadequado.

  6. Para quem já definiu o voto…isso aí, o tal debate é uma besteira, perda de tempo…e será numa emissora que não assisto desde os anos 90…quando abandonou uma programação um pouco mais decente e aquele jornalismo que não era tão ruim…

    1. O debate ê uma boa oportunidade para questionar o pai dos pobres sobre o seu envolvimento no Mensalão e no Petrolão, o patrimônio declarado de mais de 7 milhões de reais, o casamento milionário e a moradia em uma mansão caríssima com piscina em uma área nobre de São Paulo.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.