Facebook é multado por não bloquear perfis de direita

A empresa de mídia já havia derrubado páginas de simpatizantes do presidente Jair Bolsonaro em território nacional
-Publicidade-
Foto: THOUGHTCATALOG.COM/FLICKR
Foto: THOUGHTCATALOG.COM/FLICKR | Foto: THOUGHTCATALOG.COM/FLICKR

A empresa de mídia já havia derrubado páginas de simpatizantes do presidente Jair Bolsonaro em território nacional

facebook
Foto: THOUGHTCATALOG.COM/FLICKR
-Publicidade-

Ontem, terça-feira 8, o Facebook depositou judicialmente uma multa no valor de R$ 1,9 milhão por não ter bloqueado internacionalmente os perfis de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. A suspensão das contas foi solicitada em 28 de julho pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes, relator do inquérito das fake news, conforme noticiou Oeste.

A empresa de mídia já havia derrubado páginas de simpatizantes de Bolsonaro em território nacional. Contudo, negou-se a fazê-lo no âmbito internacional. O Facebook argumentou que a medida representaria um “risco à liberdade de expressão fora da jurisdição brasileira”. Atualmente, a companhia batalha na Justiça para derrubar o entendimento do magistrado do STF.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site