Governo lança campanha para apresentar Auxílio Brasil

Valores do benefício não foram oficialmente anunciados
-Publicidade-
As parcelas do Auxílio Brasil começarão a ser pagas em novembro
As parcelas do Auxílio Brasil começarão a ser pagas em novembro | Foto: Divulgação/Ministério da Cidadania

O Ministério da Cidadania lançou uma campanha publicitária no último domingo, 24, para divulgar o Auxílio Brasil, programa idealizado para substituir o Bolsa Família. O primeiro vídeo da campanha apresenta o projeto como “o maior programa de transferência de renda do país”. As imagens mostram famílias preparando refeições e crianças na escola.

No site, o governo destaca que a previsão é iniciar os pagamentos do Auxílio Brasil em novembro deste ano, mas pondera que a medida provisória que criou o programa precisa ser aprovada no Congresso. O prazo final é 7 de dezembro.

Substituto do Bolsa Família

Conforme noticiou Oeste, a comissão especial da Câmara dos Deputados aprovou na quinta-feira 21 o texto-base da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que limita o pagamento de precatórios. Além disso, a proposta altera o cálculo de reajuste do teto de gastos e permite contornar a chamada “regra de ouro” por meio da lei orçamentária.

Segundo o relator da matéria, deputado federal Hugo Motta (Republicanos-PB), o novo modelo de pagamento de precatórios deve permitir uma folga de pelo menos R$ 40 bilhões no Orçamento de 2022, além de R$ 39 bilhões oriundos de mudanças nas regras fiscais.

O texto será fundamental para garantir o pagamento do Auxílio Brasil, que pretende garantir R$ 400 mensais para 17 milhões de famílias em 2022.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.