-Publicidade-

Guedes diz que auxílio deve variar entre R$ 175 e R$ 375

Expetativa é que os pagamentos retornem ainda em março
Ministro da Economia, Paulo Guedes
Ministro da Economia, Paulo Guedes | Foto: Marcos Corrêa/PR

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta segunda-feira, 8, que o novo auxílio emergencial deve variar de R$ 175 a R$ 375, dependendo da composição das famílias beneficiadas. O valor médio ficará na casa de R$ 250.

A expetativa é que os pagamentos retornem ainda em março, para isso o governo aguarda a aprovação da PEC Emergencial pela Câmara dos Deputados, o que deve ocorrer na quarta-feira 10.

Leia mais: “Em encontro com Bolsonaro, Pfizer se compromete a antecipar vacinas”

“Se for uma família monoparental, dirigida por uma mulher, aí já é R$ 375. Se tiver um homem sozinho, já é R$ 175, disse Guedes.

O ministro destacou que cabe ao Ministério da Cidadania a definição dos valores e que a equipe econômica fornece apenas “os parâmetros básicos”. Guedes disse ainda que para “reduzir a pobreza e a miséria no Brasil” é necessário “botar o dinheiro onde está o mais pobre e não nos intermediários”.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.