Anvisa recomenda veto a viajantes de mais quatro países africanos

Com isso, a agência sanitária amplia para dez o número de países alvos de restrições
-Publicidade-
Anvisa determinou proibição da entrada de viajantes de mais quatro países da África
Anvisa determinou proibição da entrada de viajantes de mais quatro países da África | Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou, na noite de sábado 27, que o governo federal proíba a entrada no país de viajantes de mais quatro países da África.

A recomendação inclui Angola, Malauí, Moçambique e Zâmbia na lista de países que já haviam sido vetados anteriormente (África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue).

Com isso, a agência sanitária amplia para dez o número de países alvos de restrições, em meio à preocupação global com a disseminação da nova variante do coronavírus, a Ômicron, detectada inicialmente na África do Sul.

-Publicidade-

A nota técnica da Anvisa orienta o governo federal a adotar medidas restritivas de caráter temporário. A agência “recomenda a restrição de entrada de viajantes com essas procedências por qualquer meio de transporte, seja aéreo, rodoviário ou aquaviário”.

Na noite de ontem, o governo federal publicou, em edição extra do Diário Oficial da União, uma portaria formalizando a proibição da entrada no Brasil de viajantes que passaram, nos últimos 14 dias, por África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue.

A medida entra em vigor na segunda-feira 29 e já havia sido anunciada por Ciro Nogueira, ministro-chefe da Casa Civil.

A nova recomendação da Anvisa, com a inclusão dos outros quatro países na lista, deve ser analisada amanhã pelo governo brasileiro.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

  1. ANVISA, faça um favor de parar de entrar nessa, pois já está certo que teremos que conviver com isso, e análise os pedidos de aprovação de teatamentos o mais rápido possível.

  2. Nem sempre a divisão política de países africanos refletem o território ocupados pelos muitos povos diferentes daquele continente. Muitas vezes elementos de uma tribo ocupam espaço dentro de até diversos países, ou seja a divisão dos povos não coincide com a divisão política imposta por senhores europeus dos séculos 19/20.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.