À espera de vacina, Salvador cancela Carnaval em fevereiro

Festa não ocorrerá no tradicional mês.
-Publicidade-
Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil | carnaval - salvador

Festa não ocorrerá no tradicional mês

carnaval - salvador
Foto: Agência Brasil
-Publicidade-

As festividades carnavalescas em Salvador não serão realizadas em fevereiro de 2021. O cancelamento do Carnaval no tradicional mês foi confirmado na manhã desta sexta-feira, 27, pela prefeitura da capital baiana. O Poder Executivo local deixou claro que a decisão se deve à pandemia da covid-19 no país.

Leia mais: “Doria ameaça impor CoronaVac mesmo sem aval da Anvisa”

Sem definir uma data para a realização do Carnaval no próximo ano, a prefeitura soteropolitana condiciona o evento ao desenvolvimento de vacina contra o novo coronavírus. Nesse sentido, a cidade de Salvador tem realizado testes com o projeto de imunizante produzido pela Universidade de Oxford, do Reino Unido.

“A nova data vai depender da ampla disponibilização da vacina. O calendário da festa será discutido no momento certo”, avisou a prefeitura de Salvador por meio de postagem no Twitter. Pela rede social, alguns internautas pediram para tal estratégia ser repensada. Por receio da pandemia, eles pedem Carnaval apenas em 2022.

O anúncio de adiamento do Carnaval em Salvador ocorre menos de uma semana após a realização do primeiro turno. Na cidade, o atual vice-prefeito Bruno Reis (DEM) foi eleito com 64% dos votos válidos. O desempenho do partido dele no pleito é destaque em “Ao centro, volver!”, reportagem de capa da Edição 36 da Revista Oeste.

Mais: “Carnaval à vista: escolas de samba do Rio estão liberadas para abrir quadras em novembro”

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comment

  1. Pelo que eu conheço de Salvador e da expontaniedade dos seus habitantes, antevejo problemas. Festa popular está no sangue, ainda mais Carnaval. As autoridades terão dor de cabeça para controlar o povo. Desnecessário dizer que se essa decisão tivesse sido tomada antes das eleições, o Bruno Reis não teria sido eleito.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site