Anvisa suspende testes da CoronaVac

Decisão ocorre após morte de voluntário
-Publicidade-
O governador de São Paulo, João Doria, promove a Coronavac, que teve seus testes suspensos pela Anvisa; voluntário morreu | Foto: Divulgação/GESP
O governador de São Paulo, João Doria, promove a Coronavac, que teve seus testes suspensos pela Anvisa; voluntário morreu | Foto: Divulgação/GESP | coronavac - joão doria - anvisa - evento adverso grave

Decisão ocorre após morte de voluntário

coronavac - joão doria - anvisa - evento adverso grave
O governador de São Paulo, João Doria, promove a CoronaVac, que teve testes suspensos pela Anvisa; voluntário morreu | Foto: Divulgação/Gesp

Projeto de vacina contra a covid-19 defendida insistentemente pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), a CoronaVac está com seus estudos clínicos suspensos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A medida foi divulgada pelo órgão na noite desta segunda-feira, 9, e na prática interrompe por tempo indeterminado os testes no Brasil do imunizante prometido pelo político tucano.

-Publicidade-

Leia mais: “A verdade sobre a CoronaVac”

Em nota divulgada em seu site, a Anvisa afirma que a paralisação da testagem da CoronaVac no país se deve a “ocorrência de evento adverso grave”, que teria se dado em 29 de outubro. Com a decisão, o órgão enfatiza que, até segunda ordem, “nenhum novo voluntário poderá ser vacinado”. De acordo com os responsáveis pela agência, a suspensão se faz necessária como medida de segurança em favor da saúde pública brasileira.

Sobre o “evento adverso grave”, a equipe da Anvisa informa que mais detalhes a respeito do caso devem ser mantidos sob sigilo. No entanto, o órgão avisa que, ao menos em relação a testagem de vacinas, tal classificação se dá por causa de uma das seguintes situações:

  1. Morte
  2. Risco potencialmente fatal
  3. Invalidez ou incapacidade persistente
  4. Internação hospitalar
  5. Anomalia congênita
  6. Suspeita de transmissão de agente infeccioso
  7. Ou outro evento clinicamente significante

A rádio CBN informa que, segundo sua apuração, o “evento adverso grave” foi a primeira opção descrita pela Anvisa: óbito. De acordo com a emissora, um voluntário brasileiro do projeto da CoronaVac morreu. Informações dão conta de que ele não tinha contraído a covid-19. A causa da morte ainda não foi confirmada.

Não deixe de conferir: “Covid-19: Obrigatoriedade ou não da vacina; entenda”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

12 comentários

  1. A extrema imprensa está ocultando a causa(morte de voluntário) da suspensão.E é essa vacina que o “tranca-rua” queria nos obrigar a tomar? Mui amigo.

  2. O otári… voluntário tomou por livre e espontânea vontade, inclusive deve ter assinado um termo qualquer, eximindo o “laboratório”, se é que podemos chamar isso de laboratório, tomou e se phodeu, é isso aí. O próximo!… Enquanto isso a Doriana dá de braços com a morte.

  3. Isto acontece gente!!!
    COM OS IDIOTAS, os filhos tortos do “mecanismo”.
    O Dória seria um voluntário?
    O Aécio pelo menos cheiraria o frasco se fosse pó?
    O FHC que é à favor da descriminilização da maconha pitaria essa droga?
    Que os processos na América entrem nos trilhos. Momentos de muita apreensão.

  4. Querem q o governo compre isso na marra p
    q possam ganhar bilhões d dólares. Doria e seus aliados não estão preocupados com os brasileiros, eles estão escancaradamente precionando o governo federal com a esperança d q a China ganhe dinheiro e eles tbm. Q se dane a saúde d povo. Comuna d calça enfiada.

  5. Não torço contra qualquer medicamento que, de fato, possa salvar vidas. Não sabemos das causas da morte de um dos que fizeram parte dos testes.
    Aguardemos!
    Isso não significa em hipótese alguma concordar com as atitudes dos venais, medíocres e traidores Dória, Maia, STF e Globo, entre outros!

  6. Por que o governador de SP não vem a público dizer que será o primeiro a tomar a vacina já que segundo ele, será obrigatória em SP? Tá com medo de que Governador?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site