‘Hipocrisia’, diz Bolsonaro sobre fechamento de praias no Rio

'A vitamina D é uma forma de você evitar que o vírus o atinja com gravidade. Onde você consegue a vitamina D? Tomando sol', disse o presidente
-Publicidade-
Presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar medidas adotadas por prefeitos e governadores
Presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar medidas adotadas por prefeitos e governadores | Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro criticou nesta sexta-feira, 19, a decisão do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (MDB) de fechar as praias na cidade durante este fim de semana. O decreto do prefeito proíbe não apenas a ocupação da faixa de areia das praias, mas também o banho de mar e a prática de esportes, assim como o trabalho de ambulantes e barraqueiros.

Leia mais: “Bolsonaro vai ao STF contra restrições impostas por prefeitos e governadores”

-Publicidade-

“Vê lá o Rio de Janeiro agora. O prefeito, fiquei sabendo… O decreto fechou tudo, até praia. A vitamina D é uma forma de você evitar que o vírus o atinja com gravidade. Onde você consegue a vitamina D? Tomando sol. É uma hipocrisia”, criticou Bolsonaro em conversa com apoiadores ao deixar o Palácio da Alvorada.

Leia mais: “Mourão critica toque de recolher decretado por governadores”

O presidente voltou a subir o tom contra prefeitos e governadores que vêm determinando o endurecimento das medidas de restrição por causa da pandemia de covid-19. “Governadores e prefeitos humilhando a população, dizendo que estão defendendo a vida. Ora bolas. Que defendendo a vida… Vocês estão estão matando essas pessoas”, afirmou.

Leia também: “Caos absoluto na gestão”, reportagem publicada na Edição 51 da Revista Oeste

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.