‘Não é corrida de Fórmula 1’, diz Queiroga sobre imunização nos Estados

Ministro da Saúde criticou governantes e prefeitos que não seguem o Programa Nacional de Imunização
-Publicidade-
Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, está à frente da pasta desde 23 de março deste ano |  Foto: Walterson Rosa/MS
Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, está à frente da pasta desde 23 de março deste ano | Foto: Walterson Rosa/MS

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, voltou a criticar Estados e municípios que aceleram as campanhas de vacinação contra a covid-19 sem respeitar o cronograma recomendado pelo Programa Nacional de Imunização (PNI). “Isso não é aposta de corrida de Fórmula 1. É uma campanha de imunização”, afirmou nesta segunda-feira, 13. O ministro reiterou que não há falta de doses a quem segue o cronograma da pasta.

Leia mais: “Ministério da Saúde rebate governo de SP: ‘Não devemos 2ª dose da AstraZeneca’”

Queiroga usou o Estado de São Paulo, governado por João Doria (PSDB), como exemplo. Ele falou que esteve no Amazonas nos últimos dias e que lá, diferente de São Paulo, havia doses de todos os laboratórios. “Por que numa unidade ribeirinha tem vacina e no principal Estado do país não? É porque o Amazonas está seguindo as orientações do PNI“, afirmou.

-Publicidade-

Leia também: “Rio de Janeiro começa a aplicar amanhã dose de reforço em idosos”

O ministro da Saúde também condenou o uso de imunizantes de laboratórios diferentes (intercambialidade) na segunda dose por falta da vacina por um curto tempo. “Se porventura a AstraZeneca, por contas operacionais, faltar eventualmente, se usa a intercambialidade. Mas o critério não pode ser: faltou um dia já troca, senão a gente não consegue avançar”, disse.

Conforme Oeste noticiou, a cidade de São Paulo começou a aplicar hoje a Pfizer em pessoas com a 2ª dose da vacina da AstraZeneca atrasada.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro