Banco do Brasil anuncia programa de demissão voluntária

Banco encerrou 2021 com quase 85 mil funcionários e lucro líquido anual recorde de R$ 21 bilhões
-Publicidade-
Edifício sede do Banco do Brasil, em Brasília | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Edifício sede do Banco do Brasil, em Brasília | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Banco do Brasil anunciou, nesta segunda-feira, 7, a abertura de um programa de demissão voluntária para um grupo de cerca de 300 funcionários. As adesões podem ser feitas entre 8 e 25 de março.

Chamada de Programa de Adequação de Quadros (PAQ), a iniciativa mira posições de assessoramento e “permite o desligamento voluntário de funcionários, dentre outras medidas de movimentação”, segundo comunicado ao mercado.

-Publicidade-

Para aderirem ao programa, os funcionários devem atender aos requisitos estabelecidos no regulamento. O banco estatal afirmou que o PAQ não deverá gerar impacto material em seu resultado.

O Banco do Brasil encerrou 2021 com 84.597 funcionários e 3.979 agências. Em 2021 teve um lucro líquido anual recorde de R$ 21 bilhões em 2021, um crescimento de 51,4% na comparação com o ano anterior.

Bancos

No fim de fevereiro, o Itaú também anunciou a abertura de um programa de demissão voluntária que deve começar ainda em março. O maior banco privado do país teve lucro líquido de quase R$ 27 bilhões no ano passado, alta de 45% ante 2020.

Beneficiados por um ambiente de retomada das atividades após a paralisação provocada pela pandemia, os quatro grandes bancos (Itaú Unibanco, Bradesco, Santander e Banco do Brasil) reportaram um lucro líquido consolidado de quase R$ 82 bilhões em 2021.

O valor nominal (sem descontar a inflação) representa um crescimento de 32,5% na comparação com 2020, afirmou o jornal Folha de S.Paulo, citando levantamento elaborado pela provedora de informações financeiras Economatica.

O resultado é um recorde, tendo ficado ligeiramente acima do pico anterior de R$ 81,508 bilhões registrado em 2019.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários Ver comentários

  1. Bem que poderia privatizar. Para que tantos bancos públicos:CEF, BB, Banco Central, Banco do Amazonas, Banco do Nordeste, BNDES …
    Atendentes levam 4 vezes mais tempo do que em um banco particular
    Muitas e muitas mamatas

  2. ACABEM logo com este banquinho horroroso, um dos piores do Brasil de todos os tempos. CHEGA de ser atendido por imbecis incompetentes cheios de empáfia pela maldita estabilidade no emprego.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.