Governo revisa estimativa de inflação de 6,2% para 8,4% em 2021

Reajuste do salário mínimo do ano que vem também deve ser maior do que a previsão inicial
-Publicidade-
Estimativa de inflação para este ano foi revisada pelo governo federal
Estimativa de inflação para este ano foi revisada pelo governo federal | Foto: João Geraldo Borges Junior/Pixabay

A Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia anunciou nesta quinta-feira, 16, uma revisão da projeção de inflação para 2021 medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Segundo o governo, a estimativa passa de 6,2% para 8,4% em 2021. Caso o aumento previsto se confirme e não haja mudança no cálculo, o reajuste do salário mínimo de 2022 também será maior do que a previsão inicial — o INPC baseia a correção anual do salário mínimo.

Leia mais: “Em 2020, contas de Estados e municípios tiveram melhor resultado em 21 anos”

-Publicidade-

Atualmente, o salário mínimo no Brasil é de R$ 1,1 mil. Com a nova projeção do INPC, o valor seria reajustado para R$ 1.192,40 em 2022.

Leia também: “‘Prévia’ do PIB aponta crescimento de 0,6% da economia brasileira em julho”

De acordo com dados do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, o salário mínimo serve de referência para 50 milhões de pessoas no país, das quais 24 milhões são beneficiárias do Instituto Nacional do Seguro Social.

Com informações do G1

Leia também: “Guedes reage a Poderes e sugere derrubar o teto de gastos”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.