MP do Ambiente de Negócios tem potencial de aumentar PIB em até 8,6% a longo prazo

Equipe econômica estima ainda que a medida vai aumentar o investimento estrangeiro direto
-Publicidade-
Em primeiro plano, secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, Carlos da Costa | Foto: Júlio Nascimento/PR
Em primeiro plano, secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, Carlos da Costa | Foto: Júlio Nascimento/PR

O Ministério da Economia disse que a Medida Provisória do Ambiente de Negócios tem o potencial de aumentar o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro de “4,3% a 8,6%” a “longo prazo”. A Pasta não informou a quantos anos se refere a estimativa.

A equipe econômica estima ainda que a medida implicará um aumento de R$ 3,5 bilhões a R$ 10 bilhões de reais por ano em investimento estrangeiro direto. O texto foi assinado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, nesta segunda-feira, 29.

-Publicidade-

Leia mais: “Boletim Focus projeta inflação maior e PIB menor em 2021”

Entre as mudanças trazidas pela medida estão a possibilidade de abrir empresas em um dia, a redução de burocracias para o comércio exterior, o encurtamento de prazo de licenças para obtenção de eletricidade e a redução de processos judiciários.

Com informações do Estadão Conteúdo

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

  1. Se é uma Medida Provisória, como diz o próprio nome, não pode garantir nada “em longo prazo”, ainda mais no Brasil que é o maior cemitério mundial das boas intenções. Lembrem-se as privatizações tão prometidas em 2018 que ainda não passaram de promessas eleitoreiras.
    Temos um aparelho estatal inchado, doente e falido que é tão intervencionista que se arroga ao direito de desempenhar o serviço de entregador de cartas e encomendas postais. Como diz o velho italiano: “porca miséria”!

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.