-Publicidade-

Salim Mattar dispara: ‘o governo Bolsonaro não é liberal’

Empresário reclama da mudança no comando da Petrobras
O empresário Salim Mattar
O empresário Salim Mattar | Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

A decisão do presidente Jair Bolsonaro em trocar o comando da Petrobras não foi bem aceita por um antigo aliado. Ex-secretário especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados, o empresário Salim Mattar reclamou da estratégia de se colocar o general Joaquim Silva e Luna à frente da administração da petrolífera.

Leia mais: “Ações da Petrobras despencam em dia de recuo do Ibovespa”

“Lastimável a decisão do governo de tirar Roberto Castello Branco do comando da Petrobras”, afirmou Mattar por meio de postagem nas redes sociais. Assim, reforçou apoio ao economista que estava no comando da estatal desde o começo da gestão Bolsonaro no Palácio do Planalto. “Roberto é um profissional extremamente qualificado que tirou a empresa literalmente do fundo do poço após o maior escândalo de corrupção do planeta. Em seu lugar será nomeado mais um militar”, prosseguiu o empresário, que é fundador da Localiza.

“O governo não é liberal e eu acreditei no candidato Bolsonaro”

Indignado com a estratégia de Bolsonaro a respeito da Petrobras, Mattar criticou a gestão do Executivo federal em entrevista ao canal CNN Brasil. “O governo não é liberal e eu acreditei no candidato Bolsonaro”, declarou. “Acreditei no candidato que falava em privatizar a ‘TV da Dilma’, que é a EBC, e a empresa do trem bala, que é a EPL.”

Discurso de campanha

Ao externar a sua desconfiança com a agenda liberal, Mattar deu a entender que acabou iludido por Bolsonaro. “Ele falava em tirar o Estado do cangote do cidadão. Mas foi um discurso de campanha”, lamentou. “Deixei todos os meus negócios para ir para o governo. Fui motivado pelo desafio espetacular, que era um projeto de Brasil e não do governo”.

Leia também: “O Brasil de hoje é o resultado de 35 anos de governos social-democratas”, artigo de Salim Mattar publicado na edição 43 da Revista Oeste.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês