BioNTech cria aliança para produzir mais doses de vacinas

Meta é alcançar e talvez superar uma produção de dois bilhões de doses do imunizante ainda em 2021
-Publicidade-
Aliança permitirá a produção de cerca de metade do fornecimento global de ingrediente ativo para a vacina contra covid-19, diz diretor  de operações da BioNTech
Aliança permitirá a produção de cerca de metade do fornecimento global de ingrediente ativo para a vacina contra covid-19, diz diretor de operações da BioNTech

Em razão da escassez de vacinas em todo o mundo, a fabricante alemã BioNTech, parceira do laboratório norte-americano da Pfizer na produção de vacina no combate à covid-19, formou uma aliança com 13 empresas, incluindo Novartis, Merck KGaA e Sanofi, com a meta de alcançar e talvez superar uma produção de dois bilhões de doses da vacina ainda em 2021.

A campanha de vacinação na União Europeia, por exemplo, tem sido afetada por atrasos na fabricação e entrega de imunizantes, já que fabricantes como a sueco-britânica AstraZeneca não têm cumprido as promessas de entrega.

-Publicidade-

O cofundador e presidente-executivo da BioNTech, Ugur Sahin, disse ao jornal The Wall Street Journal que percebeu no outono passado que a parceria com a Pfizer não seria suficiente para atender à demanda global. Segundo o diretor de operações da empresa, Sierk Poetting, a aliança com essas empresas permitirá a produção de cerca de metade do fornecimento global de ingrediente ativo para a vacina contra covid-19.

Leia também: “Vacina da Pfizer: Anvisa concede registro definitivo”

Entre os desafios dessa aliança estão as técnicas avançadas para fabricação do imunizante, a complexidade do processo e as matérias-primas necessárias à produção da vacina. A Pfizer e a BioNTech optaram por um caminho inovador: o uso de vacinas gênicas, que utilizam o RNA mensageiro, desenvolvido de forma sintética em laboratório, para produzirem seu imunizante.

Confira os números da covid-19 no Brasil e no mundo

Com informações do Estadão Conteúdo

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.