Risco de novo calote da Evergrande faz bolsas na Ásia fecharem em queda

Em comunicado, a incorporadora alertou que pode não ter dinheiro suficiente em caixa para pagar uma nova rodada de dívidas
-Publicidade-
Os mercados asiáticos sentiram os efeitos de possível novo calote por parte do gigante chinês do mercado imobiliário
Os mercados asiáticos sentiram os efeitos de possível novo calote por parte do gigante chinês do mercado imobiliário | Foto: Pixabay

As bolsas da Ásia fecharam a maioria em queda nesta segunda-feira, 6. O principal motivo é o retorno do risco de calote da Evergrande, gigante do mercado imobiliário chinês.

Em comunicado, a incorporadora alertou que pode não ter dinheiro suficiente em caixa para pagar uma nova rodada de dívidas, depois de ter sido cobrada por investidores a pagar US$ 260 milhões em títulos.

Os prospectos de um possível calote levaram a ação da incorporadora desabar quase 20% em Hong Kong, ao menor nível desde 2010.

-Publicidade-

Com isso, o índice Hang Seng, referência na bolsa do território semiautônomo chinês, encerrou o pregão em baixa de 1,76%.

O papel da Alibaba recuou 5,61%, após o gigante de tecnologia anunciar reestruturação e trocar o comando de sua equipe financeira.

Na China continental, Shangai cedeu 0,50%, enquanto Shenzhen, de menor abrangência, perdeu 1,22%.

No Japão, o índice Nikkei baixou 0,36%. SoftBank, que tem exposição considerável a empresas como Alibaba e Didi — empresa dona da 99, que na semana passada anunciou fechamento de capital nos Estados Unidos —, despencou 8,20%.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.