-Publicidade-

ACM Neto dispara contra Maia: ‘absoluta ingratidão’

Presidente do DEM afirma ter trabalhado para deputado não enfrentar 'situação vexatória'
Rodrigo Maia e ACM Neto: disputa interna no DEM
Rodrigo Maia e ACM Neto: disputa interna no DEM | Foto: Reprodução/Agência Brasil

As críticas feitas pelo ex-presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (DEM-RJ) por meio do jornal Valor Econômico não ressoaram bem entre lideranças do partido. Depois do governador de Goiás, Ronaldo Caiado, foi a vez de o ex-prefeito de Salvador e presidente nacional da sigla, ACM Neto, posicionar-se a respeito na noite desta segunda-feira, 8. O dirigente partidário lamentou a postura adotada pelo parlamentar fluminense.

Leia mais: “Bolsonaro garante que Onyx assumirá Secretaria-Geral da Presidência”

O primeiro ponto rebatido por ACM Neto foi no campo pessoal. Na visão dele, Maia demonstrou “absoluta ingratidão”, reclamou ao ser entrevistado pela emissora CNN Brasil. Nesse sentido, revelou ter trabalhado para que seu então colega não “passasse por situação vexatória” na eleição para a presidência da Câmara — disputa em que o candidato apoiado por Maia, Baleia Rossi (MDB-SP), não atingiu nem a metade dos votos do vencedor Arthur Maia (PP-AL), que foi a escolha de mais de 300 congressistas.

Sobre vexame protagonizado por Maia, ACM Neto ainda reforçou ter atuado nos bastidores para o partido de ambos, o Democratas, não ter oficialmente aderido ao bloco liderado por Lira. Segundo relatou na televisão, a maioria dos 29 deputados federais da legenda demonstrou interesse em fortalecer a campanha do progressista — sendo que Maia era tido como grande mentor da candidatura de Baleia Rossi. “Reuni a Executiva para fechar com a neutralidade”, afirmou ACM Neto.

“O candidato de Rodrigo Maia sempre foi Rodrigo Maia”

O ex-prefeito de Salvador aproveitou o momento para criticar a condução de Maia em meio à tentativa de emplacar um aliado na cadeira de presidente da Câmara. Dessa forma, falou em “erros” e observou que a derrota na briga pelo comando da Casa começou com a decisão do Supremo Tribunal Federal de proibir a reeleição para as presidências da Câmara dos Deputados e do Senado Federal. “O candidato de Rodrigo Maia sempre foi Rodrigo Maia”, enfatizou o político baiano.

Futuro de Maia

Ciente de que Rodrigo Maia externalizou a intenção de deixar o DEM, ACM Neto afirmou não se opor a tal decisão, mas lembrou que até a noite de hoje não havia recebido nenhum pedido formal de desfiliação. Sobre a possibilidade de o hoje democrata se tornar um tucano e, assim, ir para o PSDB, o presidente do partido não se opôs à ideia. Nesse sentido, pontuou a vontade de seguir com “excelente relação” com o tucanato. Não definiu, contudo, se vai se movimentar para que o cargo de deputado exercido por Maia siga — ou não — com o Democratas.

Eleições 2022

ACM Neto, que já sugeriu apoiar a tentativa de reeleição do presidente Jair Bolsonaro, preferiu não comentar qual deve ser a postura do DEM para as próximas eleições gerais. Para ele, não é o momento de discutir 2022. Isso porque, conforme analisa, o povo está preocupado com as ações contra a pandemia da covid-19. Por fim, adiantou que essa questão tende a começar a ser discutida internamente no partido a partir do fim deste ano.

Leia também: “Para entender a Era Maia”, artigo do colunista Guilherme Fiuza publicado na Edição 46 da Revista Oeste

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

  1. Pequeno o rapazinho.
    Mamãe chamou pra casa levou a bola pra,casa.
    Sair atirando a revelia é pequeno botafogo!
    Como César seu puto.

  2. Enquanto o bahiano, pintor de rodapé, diz que “O Maia saiu menor do que entrou” (na presidência da Câmara, lógico). Deve estar se vangloriando por achar um ainda menor do que ele (em estatura moral, é claro!)

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês