Boulos vai presidir federação formada por Psol e Rede

Os dois partidos foram fundados por políticos que eram do PT
-Publicidade-
Guilherme Boulos, dirigente do MTST
Guilherme Boulos, dirigente do MTST | Foto: Reprodução/Instagram

O pedido para formar a federação entre Psol e Rede Sustentabilidade foi apresentado na terça-feira 24 ao Tribunal Superior Eleitoral. As duas legendas devem agir como um só partido por pelo menos quatro anos e Guilherme Boulos (Psol-SP) será o presidente. Ele coordena o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto.

De acordo com uma nota no site do Psol, a federação “aprovará uma resolução sobre política de alianças que deve ser aplicada em todos os Estados, vetando partidos que compõem a base de apoio ao governo Bolsonaro e governos declaradamente de direita”.

Psol e Rede foram fundados por políticos que fizeram parte da criação do PT. Na eleição de 2022, eles negociam para apoiar a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República.

-Publicidade-

Lideranças da Rede fizeram um ato em favor da campanha de Lula. Randolf Rodrigues, único senador filiado ao partido, é um dos coordenadores da candidatura do petista.

No fim de setembro de 2021, o Psol aprovou uma resolução para não ter candidato próprio à Presidência da República, abrindo caminho para o apoio à candidatura de Lula. “A prioridade, em nível nacional, deve ser a construção da unidade entre os setores populares para assegurar a derrota da extrema direita”, informa um trecho do documento. “Esse processo de diálogo deve envolver elementos programáticos, arco de alianças e não pode ser uma via de mão única.”

Boulos foi derrotado na corrida para prefeitura de São Paulo em 2020 e na última eleição para a Presidência da República, em 2018. Neste ano, ele anunciou que disputará uma vaga na Câmara dos Deputados.

Leia também: “Dilma merece ser vice de Lula”, artigo de Augusto Nunes publicado na Edição 79 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

16 comentários Ver comentários

  1. Não dá nem para comentar. A começar pelo Boulos, são todos belos burgueses que nunca gostaram de trabalhar, e agora estão aproveitando a bolada do fundo eleitoral para continuar na boa vida. Pode deixar que vão para Dubai comemorar a tal federação ou o que o valha com essa denominação.

  2. Antes da janela partidária PSOL tinha 10 deputados e Rede 1. Agora PSOL tem 9 e Rede 2. A única diferença é aturar Boulos, Marina e Randolfe juntos…

  3. É o mesmo que ver o demônio sendo expulso do inferno e vindo se juntar com os outros que já se encontram aqui na Terra, Deus nos livres desses trastes, Comunismo nunca mais.

  4. O que é ruim ficou ainda ser pior. A democracia tem isso. Permite que essas pragas se unam ir se multipliquem. Mas já estamos todos vacinados. Esquerda nunca mais

  5. Meu Deus! Todos os demônios encarnados, oriundos do inferno, se unindo para mentir, engabelar e iludir o nosso povo, com um único proposito: Tornar o Brasil, o inferno na terra, mas Deus existe e em outubro com a sua força, enviaremos estas criaturas das trevas de volta para o buraco de onde nunca deveriam ter saído.

  6. Cara, com o fundão eleitoral da vergonha bilionário que NÓS DAMOS DE GRAÇA pra essa gente, eles não precisam nem disputar eleição mais, pensa, é só sacar a bolada a cada eleição, SEM DAR NADA EM TROCA. Este país precisa crescer, urgente!!!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.