-Publicidade-

‘Não é uma candidatura. É uma ameaça’, diz Augusto Nunes sobre Boulos

Jornalista lembra que o socialista teve menos votos que Cabo Daciolo na disputa pela presidência da República
Boulos foi 10º colocado em 2018, mas voltará a se candidatar neste ano | Foto: MARCELLO CASAL JR./AGÊNCIA BRASIL
Boulos foi 10º colocado em 2018, mas voltará a se candidatar neste ano | Foto: MARCELLO CASAL JR./AGÊNCIA BRASIL | boulos - ameaça - prefeitura de são paulo - augusto nunes

Jornalista lembra que o socialista teve menos votos que Cabo Daciolo na disputa pela Presidência da República

boulos - ameaça - prefeitura de são paulo - augusto nunes
Boulos foi 10º colocado em 2018, mas voltará a se candidatar neste ano
Foto: MARCELLO CASAL JR./AGÊNCIA BRASIL

Dois anos após amargar a décima posição na corrida pelo cargo de presidente da República, com menos de 700 mil votos recebidos e ficando atrás de figuras como Cabo Daciolo e Alvaro Dias, Guilherme Boulos pretende ser o próximo prefeito da maior cidade do país. O desejo do integrante do Psol não representa uma candidatura, mas uma “ameaça”. Ao menos é assim que analisa o jornalista Augusto Nunes.

Leia mais: “Toffoli passa bem, mas não tem previsão de alta”

“Se eu fosse do time do ‘quanto pior, melhor’, eu torceria para o Boulos se eleger prefeito em São Paulo”, disse Nunes. A afirmação foi feita durante a edição de hoje de Os Pingos nos Is, programa da Jovem Pan. Colunista da Revista Oeste, o jornalista lembrou que o membro do Psol tem a ex-prefeita Luiza Erundina como vice na já anunciada chapa do partido de esquerda pelo comando da capital paulista. “É uma dupla que não é uma candidatura. É uma ameaça”, afirmou.

Apoio de petista

A possível candidatura — ou ameaça — de Guilherme Boulos à prefeitura de São Paulo entrou na pauta da atração da Jovem Pan devido ao apoio declarado de um petista. Ministro das Relações Exteriores durante a gestão Lula, Celso Amorim ignorou o fato de o PT trabalhar o nome de Jilmar Tatto para o pleito deste ano e se colocou como cabo eleitoral do socialista. “Quando se tem o Boulos como opção é porque se está mal”, complementou Augusto Nunes.

“O texto do editor do Brasil merece um zero com louvor”, artigo de Augusto Nunes publicado na edição 20 da Revista Oeste. Conteúdo exclusivo para assinantes.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês