Petistas ‘se arrependeram’ de CPI contra Moro, diz Girão

'Perceberam que, em vez de prejudicar a campanha de Sergio Moro, eles iriam promovê-la', disse o senador do Podemos
-Publicidade-
O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) apoia a candidatura do ex-juiz Sergio Moro à Presidência da República
O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) apoia a candidatura do ex-juiz Sergio Moro à Presidência da República | Foto: Reprodução/YouTube

O PT e outros partidos de esquerda que pretendiam criar uma CPI para investigar o ex-juiz e ex-ministro da Justiça Sergio Moro perceberam que isso poderia inflar a candidatura do adversário ao Palácio do Planalto. A avaliação é do senador Eduardo Girão (Podemos-CE), entrevistado nesta quarta-feira, 26, no Jornal da Manhã, da Jovem Pan.

A iniciativa da CPI partiu de dirigentes e parlamentares do PT, que pretendiam investigar supostas irregularidades nos serviços prestados por Moro à consultoria norte-americana Alvarez & Marsal.

“Eles perceberam que, em vez de prejudicar a campanha do Sergio Moro, eles iriam promovê-la. Resgataria todo o legado de uma causa que transcende a própria candidatura”, afirmou Girão. “A Lava Jato é um sinal muito positivo e vigoroso de um Brasil que deu certo, e o ministro Sergio Moro foi o grande comandante daquela força-tarefa”, completou.

-Publicidade-

Para o senador do Podemos, apoiador da candidatura de Moro à Presidência, “eles [petistas] fizeram um movimento e depois se arrependeram”.

Indagado sobre as suspeitas levantadas a respeito das relações entre Moro e a empresa norte-americana, Girão disse que “o ministro ficou de fazer essa declaração oficial no Imposto de Renda dele”. “Ele vai abrir tudo isso. Não precisa ceder a pressões políticas com outros interesses que a gente sabe quais são”, afirmou. “A consultoria em que ele trabalhou nos Estados Unidos é renomada no mundo inteiro.”

Eduardo Girão demonstrou confiança no crescimento de Moro na corrida presidencial — até o momento, o ex-juiz da Lava Jato tem um desempenho tímido.

“A gente não pode acabar com a folha de serviços prestados pelo ministro para o nosso país. Colocou políticos poderosos corruptos na cadeia. Empresários poderosíssimos, os mais ricos do Brasil, também foram condenados e presos. Isso não se pode apagar”, afirmou o senador.

Podemos ou União Brasil

Durante a entrevista, Girão admitiu que há negociações sobre a possível migração de Moro para o União Brasil, um partido maior que o Podemos. Até agora, segundo o parlamentar, não há nenhuma definição em relação a isso.

“Não sou muito ligado nessa questão de partido. Acho que o Brasil deveria ter candidatura independente, avulsa, como existe nos Estados Unidos. Certamente o ministro Sergio Moro estaria nesse caminho se não houvesse essa obrigatoriedade de filiação a algum partido no Brasil”, disse. “Isso faz parte do jogo político, do tabuleiro que temos no Brasil. A União com esse partido é bem-vinda.”

Leia também: “Fábrica de pesquisas”, reportagem de Silvio Navarro publicada na Edição 96 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

17 comentários Ver comentários

  1. Está difícil de acreditar em senadores.ou qualquer político brasileiro…Sérgio moro mais uma cria sendo inceria ao ninho de ratos e baratas de esgoto em Brasília…..vai ser mais um inútil a mamar nas tetas do governo federal já com suas tantas mazelas….”concluiu seu golpe na mais alta performance, se mostrou o Salvador da lei e justiça, tem a maioria dos podres destes lixos políticos brasileiros em suas mãos, e agora barganha o tão cobiçado cargo público, tendo alí tudo que é de mais almejado por um corrupto(estar no meio das falcatruas)….ISTO É POLITICA NO BRASIL, OS NOJENTOS E ROEDORES DE SEMPRE…..SÓ teremos uma última chance de expurgar estes lixos da política brasileira que lá estão …E ESTA CHANCE É NAS ELEICOES DE 2022….(ESTE ANO AINDA ACREDITO NO BRASIL.)……

  2. o EXERCITO BOLSONARISTA está ativo nos comentários e tremem de medo da ascensão do Sergio Moro. Aproveitem este momento anterior aos debates que virão logo mais. Depois deles suas preces não serão atendidas.

    1. Não entendi o porque de sua suspeição não ter sido contestada. Se foi, não fiquei sabendo. Se não foi, a falta de contestação soou como um consentimento

    2. kkkkk…tah desconectado da realidade.esse imbecil devia ter vindo para senador.mas alguém colocou na cabeça dele que deveria ser presidente.não faz 2 dígitos.

  3. Cala a boca, Girão, olha quanta asneira está falando!! O $inistro foi tão bom que os bandidos estão todos soltos e o que esperar de um sujeito que na hora mais difícil do Brasil, dá as costas pro governo e chama a mídia sedenta repleta da oposição para dar aquele show de horrores de “denuncias’ falsas que até hoje não provou nada pq foi só mais uma das inúmeras narrativas burras e perversas que ele tem costumado fazer! Vamos lá, Girão, reconheça, o marreco Escariotes não vai longe, melhor tentar para deputado ou senador antes que seja tarde, se bem que esse tipo como o Morno seria b bem longe da nossa política, ele não presta e nos precisamos limpar o congresso e não sujá-lo ainda mais!

  4. Não quer dizer que fazer a obrigação e enquadrar corruptos, função inerente ao juiz e a todos os togados não soltando-os, seja mote para se candidatar ao mais importante cargo desta República.
    O dia em que o Sérgio Moro questionar o STF sobre o desmoronamento que essa instituição fez na Lavajato, esse traidor talvez obtenha uns 2% de votos. Quando fala não convence!!! Talvez o menino Dalagnol ou o Bretas tenham uma maior capacidade de comunicação com o público, o que é essencial em qualquer eleição o candidato dominar.
    Não existe e não existirá a curto prazo 3ª via, pois os homens que buscam esse candidato são suspeitíssimos.
    Hoje por baixo Bolsonaro tem 80 milhões de votos, deu as costas prá velha imprensa conluiada com a esquerdalha e CONVERSA COM O MUNDO QUE ANDA.
    Sequer comparece em reunião de Unasul o caralho, pois o que importa é OCDE e manter em PLANO DE VOO até 2.026.
    A imprensa e instituições “melancia”, os tais intelectuais e artistas hoje preteridos pelo grande público, como Ivete Sangalo e Chico Buarque como exemplo, elegeram Bolsonaro desde 2.019.
    Sem risco de urna eletrônica ser fraldada, até porque o datafolha será enquadrado brevemente devido a sua postura. Lula sequer será o candidato da esquerda. Estou pagando prá ver!!!

    1. Concordo com tudo, menos a parte do “menino Dalangol”, aquilo é cria do mesmo molde do Marreco Escariotes, corja perigosa, melhor ficarem longe 🤢

  5. Descobriu o planeta terra. Esse senador parece que não gira bem do quengo. Todo ser com mais de um neurônio sabe que a ideia do PT era essa mesmo. Promover Sérgio Moro. E com isso tirar votos de Bolsonaro. A questão toda é que eles chegaram a conclusão que o mundo inteiro está com Bolsonaro. E Isso não iria rolar mesmo. Daí o recuo. Bolsonaro 2022.

  6. O que significa 171 na gíria?
    O famoso “171”, que virou até gíria para indicar pessoa mal intencionada.

    Art. 171 – Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento:

  7. Sabemos q petista é um cara fora do normal no quesito inteligência,gostam tanto de prejudicar os outros que atuam até contra eles mesmos.Quero q eles degustem o próprio veneno

    1. Foi o Augusto Nunes que disse em um comentário na JP que o PT gota mais de comemorar a derrota do adversário, do que algum eventual (e raro) sucesso do partido.
      Como a CPI do Circo foi um fracasso total, agora estão ficando mais cautelosos até com o boçal em polítia do Sérgio Moroso. Cachorro picado de cobra, tem medo até de linguiça.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.