Renan na CPI da Covid, impeachment de Witzel e ‘novo grito de independência’

Confira o que foi notícia no resumo da semana feito pela Revista Oeste
-Publicidade-
Presidente Jair Bolsonaro afirmou que o Brasil dará, em breve, um novo grito de independência
Presidente Jair Bolsonaro afirmou que o Brasil dará, em breve, um novo grito de independência | Foto: Reprodução/Fotos Públicas

Segunda-feira, 26

O Brasil registrou o recorde de doses aplicadas de vacinas contra a covid-19 em um intervalo de 24 horas. No total, foram 1.744.001 doses distribuídas entre o dia do registro e o anterior.

-Publicidade-

No mesmo dia, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que estaria chegando a hora de o Brasil dar um novo grito de independência. O “suplício está chegando ao fim”, segundo Bolsonaro.

Terça-feira, 27

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), teve alta do Hospital Sírio-Libanês. Ele estava internado para tratar novos focos de câncer e drenar o acúmulo de líquido na caixa torácica.

Ainda na terça-feira, a ex-embaixadora dos Estados Unidos na Organização das Nações Unidas Samanta Power afirmou que a China usou o coronavírus para expandir influência.

Quarta-feira, 28

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) anunciou que vai atuar pela não aprovação da medida que torna essencial a educação.

No mesmo dia, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) revogou a prisão do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha.

Quinta-feira, 29

Foi veiculada a informação de que o governo dos Estados Unidos segue barrando pessoas vacinadas com a CoronaVac.

Ainda na quinta-feira, o líder do Grupo de Agricultores Indígenas, Zunizakae, afirmou que países da Europa rejeitam terminantemente a produção agrícola dos indígenas brasileiros.

Sexta-feira, 30

O Tribunal Especial Misto (TEM) formou maioria pela aprovação do impeachment do governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC).

No mesmo dia, o senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid, apresentou o plano de trabalho da comissão.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

7 comentários

  1. Parabéns ao povo brasileiro por ter ido às ruas neste primeiro de maio de 2021, manifestar apoio ao presidente Bolsonaro, a liberdade de ir e vir e ao voto impresso

  2. O povo brasileiro não teme as ruas.
    Os brasileiros que defendem lula não tiveram coragem de sair pra rua, o fisiologismo oculto esconde uma vergonha do safado que não quer ser visto. É bem o padrão lula de ser , é a cara do bandido. Uma minoria.

    1. Precisamos achar uma forma de recuperar, ou assim dizer, resgatar, essa parte dos brasileiros iludidos, para formar um só povo, forte e coeso em prol do Brasil e seu povo.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site