-Publicidade-

Brasileiros desenvolvem soro contra covid-19 com plasma de cavalos

Eficácia do material coletado de animais inoculados com Sars-CoV-2 foi de 50 a cem vezes mais potente que de humanos convalescentes.
Soro de plasma de cavalo é até cem vezes mais potente que o produzido com plasma humano | Foto: Divulgação/IVB
Soro de plasma de cavalo é até cem vezes mais potente que o produzido com plasma humano | Foto: Divulgação/IVB | cavalos, covid-19, soro, pesquisa, coronavírus, ufrj, instituto vital brasil, fiocruz

Eficácia do material coletado de animais inoculados com Sars-CoV-2 foi de 50 a cem vezes mais potente que de humanos convalescentes

cavalos, covid-19, soro, pesquisa, coronavírus, ufrj, instituto vital brasil, fiocruz
Soro de plasma de cavalo é até cem vezes mais potente que o produzido com plasma humano | Foto: Divulgação/IVB

Pesquisa que uniu a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o Instituto Vital Brasil (IVB) e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) conseguiu chegar a um soro para possível tratamento da covid-19 a partir do plasma de cavalos.

Os animais foram inoculados com o vírus Sars-CoV-2, que causa a covid-19 e passaram a produzir anticorpos para combater a doença.

“Os animais nos deram uma resposta impressionante de produção de anticorpos. Inoculamos em cinco e agora estamos expandindo para mais cavalos”, conta o coordenador do projeto, Jerson Lima Silva, do Instituto de Bioquímica Médica da UFRJ.

De acordo com a pesquisa, cada cavalo produziu entre 50 e cem vezes mais anticorpos que um ser humano convalescente da doença.

Com isso, foi possível colher plasma para produzir o soro que deverá ser aplicado em pacientes numa segunda fase da pesquisa.

A soroterapia já é utilizada como tratamento em humanos em casos como picadas de cobras, por exemplo.

No tratamento do coronavírus, poderá servir como uma terapia adjacente à vacina para ajudar a salvar vidas.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

  1. Gostaria que vcs fizessem uma reportagem na prefeitura de Itajaí sobre tratamento precoce com Ivermectina. Também em Curitiba com o Prefeito Rafael Greca que se recusa adotar esse tratamento e o índice de mortalidade está aumentando

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês