-Publicidade-

‘Consciência tranquila’, diz Bolsonaro sobre a pandemia

Presidente reforça política de vacinação contra a covid-19 ser opcional
Jair Bolsonaro: "consciência tranquila" no combate à pandemia
Jair Bolsonaro: "consciência tranquila" no combate à pandemia | Foto: Reprodução/Jovem Pan

Jair Bolsonaro está com “consciência tranquila” em relação às ações que ele poderia liderar no combate à disseminação do novo coronavírus no país. Quem fez essa revelação foi o próprio presidente da República ao ser entrevistado na noite desta sexta-feira, 15, pela rádio Jovem Pan.

Leia mais: “Bolsonaro volta a dizer que foi eleito em 1º turno”

Dessa forma, Bolsonaro comentou a situação enfrentada em Manaus (AM), onde autoridades alertam para a falta de oxigênio para pacientes internados em decorrência da covid-19. Definiu como “caótico” o estado da saúde na capital do Amazonas e afirmou estar fazendo o “possível” ao lado do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. Nesse sentido, informou trabalhar para enviar cilindros de oxigênio para a cidade, assim como organizar a transferência de pacientes para outros Estados.

Para além do caso em específico enfrentado nesta semana em Manaus, o presidente lamentou decisão tomada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) ainda no início da pandemia de covid-19 no Brasil. Segundo ele, os magistrados o impediram de definir estratégias contra a doença. “Transferiu a responsabilidade aos governadores e prefeitos”, disse Bolsonaro ao participar da edição de Os Pingos nos Is. Na edição de hoje, o programa contou com comentários de três colunistas da Revista Oeste: Ana Paula Henkel, Guilherme Fiuza e Rodrigo Constantino.

Investimentos

Ciente de que opositores estão criticando sua conduta em meio ao caos da saúde no Amazonas, Jair Bolsonaro aproveitou a entrevista à Jovem Pan para valorizar os recursos liberados pelo governo federal ao Estado da Região Norte para o combate à pandemia. De acordo com ele, foram liberados mais de R$ 8 bilhões para o governo estadual e R$ 2 bilhões para a capital manauara. Além disso, disse que mais de R$ 3 bilhões do auxílio emergencial se destinaram a Manaus.

Vacina obrigatória

Questionado, Bolsonaro voltou a garantir que não tomará vacina contra a covid-19. Nesse campo, defendeu a ideia de que a vacinação deverá ocorrer de modo opcional. Sem citar o diretamente o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), declarou opor-se aos políticos que promovem a ideia de haver obrigatoriedade da vacinação.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

17 comentários

  1. responsáveis pela situação em Manaus são os Ministros do STF que tiraram do Governo Federal a prerrogativa de traçar planos contra a epidemia, deu no que deu, roubalheira total.

    1. TOMAR A VACINA É ÓBVIO ,QUE É UMA OPÇÃO INDIVIDUAL!
      MESMO SENDO CONTRA A VIDA EM SOCIEDADE.
      AGORA, ABASTECER O BRASIL , COMPRANDO OU RESERVANDO VACINAS, NAO É UMA OPÇÃO INDIVIDUAL!
      O POVO TEM DIREITO ,FORA DISTO É POLITICAGEM!

  2. Acusar os integrantes da pocilga pelo fato de terem retirado poderes do governo federal não é suficiente. O que tem que ser feito é a destituição de todos eles, com a consequente substituição por membros do Supremo Tribunal Militar.

  3. A realidade são as centenas de tentativas de retirar Bolsonaro da Presidência, e que tiveram início ainda antes das eleições, com a facada levada em Juiz de Fora.

    Daí para cá já foram atribuídas a ele, como se somente ele existe para as tomadas de decisões e ações, todas as ocorrências negativas e possíveis de serem negativadas para o País, quer sejam de ordem da Natureza ou externa ao País, tais como as maiorias das queimadas naturais (combustão espontânea) e o vírus vindo da China, respectivamente.

    Bolsonaro nos representando, nos deixa cara a cara com todos os marginais, corruptos e sabotadores que, desesperados, fazem de tudo para nos minar, minar a base dele, para terem alguma chance do retorno ao establishment anterior as eleições de 2018.

    Isso embora não cole para a maioria do povo de bem que trabalha produzindo bens concretos, úteis e essenciais à sociedade, infelizmente atinge as crianças, os adolescentes, os ignorantes induzidos pela imprensa e os já alienados pela doutrinação ocorrida pelas escolas e pela imprensa.
    .
    Essa briga desonesta, dele conosco, o povo de bem, contra os sindicatos, academias, parte do parlamento, do STF, da imprensa tradicional, parte dos professores, …, todos que atuando apenas no campo do blá, blá, blá, tentando cooptar via mentiras e distorções os mais frágeis intelectualmente.

    Até quando?
    – Até conseguirmos melhores representantes do povo em substituição aos atuais, e isso só ocorrerá, efetivamente, com melhor instrução para a população carente de todo o País!

    1. CONCORDO !

      “Até quando?
      – Até conseguirmos melhores representantes do povo em substituição aos atuais, e isso só ocorrerá, efetivamente, com melhor instrução para a população carente de todo o País!”

      O QUE VALE É SER DO BEM ,IDEOLOGIA VALE UM TRAQUE , MELHORES ESCOLHAS É A SOLUÇÃO!

  4. O que o Supremo disse é que a responsabilidade é dos três níveis [federativos] e não é hierarquia, porque na federação não há hierarquia para estabelecer condições necessárias, de acordo com o que cientistas e médicos estão dizendo que é necessário, junto com governadores, junto com prefeitos . Por maioria de votos, o plenário referendou liminar proferida no mês passado pelo ministro Marco Aurélio, relator do caso, considerando que os governos federal, estadual e municipal têm competência CONCORRENTE( o que se produz ou ocorre no mesmo momento que outra coisa; simultâneo, concomitante) para estabelecer medidas na área da Saúde. Além disso, a Subprocuradora da PGR negou o pedido de prisão feito pela Policia Federal para prender o Governador do Amazonas que comprou respiradores superfaturados numa revendedora de vinhos( respiradores que nunca funcionaram) e os Deputados Estaduais daquele estado negaram o pedido de Impeachment do Governador, que foi chamado pelo Presidente de “meu Governador preferido”. Quando o Governador preferido cedeu aos empresários e recuou das medidas de contenção das aglomerações e liberou a abertura do comércio há exatos quinze dias, foi ovacionado pela população que agora agoniza sem oxigênio. Neste momento de fim de ano o Presidente promoveu diversas aglomerações em suas “férias” no litoral numa demonstração clara de que não apoiava o afastamento, que hoje causa essas mortes evitáveis. Os fatos falam por si e não estou aqui defendendo ideologia nenhuma, pelo contrário: o quê se vê são atitudes agora de tentar reparar os erros tardiamente com 60 bebês pré- maturo sujeitos à morte e pacientes agonizando sem ar. Toda discussão ideológica perde sentido em contra ponto aos fatos . O que se vê é que a responsabilidade pela tragédia anunciada teve participação “concorrente” das três esferas de governo, como alias queria o STF, mas não dessa forma. Não gosto do STF, não os defendo , mas neste caso o que está escrito na decisão judicial não pode ser desvirtuado.

  5. Se não tem envolvimento algum nesse episódio, então tudo bem, ótimo. Só acho que, sendo assim não deveria se manifestar, dizendo que está com a consciência tranquila, houve alguma acusação grave contra ele a esse respeito. Não conto aqui com as dezenas de acusações estúpidas que ocorrem todos os dias contra ele.

  6. Quase 1bi destinado ao Amazonas, indícios de corrupção municipal e estadual, superfaturamento de equipamentos hospitalares, cuja maioria não foi entregue, e por aí vai. Degolaram os cofres do executivo, roubaram como nunca pois não havia licitação e viram que nesse país nada acontece, graças a uma suprema corte que joga contra o governo, participa direta e indiretamente dessa suruba e ainda corrobora com com a narrativa de que a culpa é do governo. Nosso presidente não entende ou é teimoso mesmo que não vai funcionar jogando limpo. Chame o cabo e o soldado que só assim para salvar o Brasil.

  7. Não entendível é o por que da péssima substituição do ex militante decano por um sabidamente “enturmado” com a banda ruim do STF. Se vem constantemente sofrendo impedimentos por esta instituição, como é que, chegada a oportunidade de virar o jogo, faz a grande bobagem que fez?

  8. COMO PODE ALGUÉM SER CONTRA A VACINA?
    QUALQUER VACINA!
    VÁ LÁ QUE A CORONAVAC É MEIA BOCA.MAS É A QUE TEM!
    VÁ LÁ QUE O BUTANTÃ,PISOU NA BOLA ,E ILUDIU MUITOS.
    VÁ LA QUE O GOVERNO DE SÃO PAULO,UTILIZA O FATO DE TER SIDO O PRIMEIRO A CONSEGUIR UMA VACINA ,EM SOLO BRASILEIRO , PARA FINS POLÍTICOS.
    MAS, NÃO É ISTO O QUE TODOS OS POLITÍCOS,DE TODO GOVERNO MEIA BOCA, FAZ?
    MAS ATÉ OUTRA SOLUÇÃO, É ISTO ,ACEITAR A MEIA BOCA,ATÉ MELHOR OPÇÃO ,OU MORRER DE COVID19 .
    O QUE É MELHOR?
    JÁ VIVEMOS NUM PAÍS MEIA BOCA!
    ENTÃO, A MÍDIA MEIA BOCA ENGAJADA, QUER VER, É O CIRCO PEGAR FOGO.
    NINGUÉM MERECE!

    1. Então vá lá e peça ao Dória que lhe dê as doses que você merece daquela porcaria e vá se ferrar em outra freguesia, pelo menos não leremos mais esses seus textos. Ninguém está te impedindo, ou está?

      1. Não preciso ir ao Dória,o presidente dez isto por mim,pediu a vacina CHINESA ,E TAMBÉM O OXIGÊNIO DA VENEZUELA.
        AGORA É ESPERAR A DECISÃO PELA VACINAÇÃO (e as seringas!)!

      2. Não preciso ir ao Dória,o presidente fez isto por mim,pediu a vacina CHINESA ,E TAMBÉM O OXIGÊNIO DA VENEZUELA.
        AGORA É ESPERAR A DECISÃO PELA VACINAÇÃO (e as seringas!)!

  9. Fui eleitor tucano desde Montoro e Covas votando em todos os candidatos do partido, mas somente me filiei, nas previas para a prefeitura de São Paulo para apoiar a candidatura Doria e nele votei para prefeito e governador, empolgado até com a sua adesão a Bolsonaro contrariando a maioria do partido que apostava em Alckmin. Infelizmente não conhecia bem o mau caráter desse marqueteiro, que foi chamado de traidor até por Alckmin.
    Todavia ficou clara a insatisfação da população com nossos tucanos e portanto foi necessário votar em Bolsonaro já no primeiro turno, e não foi pela facada, pois ainda tenho algum raciocínio. O segundo turno seria uma avalanche de opositores reunidos contra Bolsonaro inclusive a alta direção tucana.
    Pois é, essa gente ressuscitou FHC que aderiu ao quanto pior melhor até com Boulos, e esta claro que querem tirar Bolsonaro, e não conseguindo nas mais variadas tentativas de atribuir-lhe crimes de responsabilidade, utilizam-se desta grave pandemia, para responsabiliza-lo. Pior, com o alto clero do Legislativo e Judiciário tentando impedi-lo de governar, não importando o mal que fazem ao pais. Não podemos esquecer que antes da empresa Doria/Butantã abrir para negociação para comercialização da vacina chinesa, sequer plenamente testada, o governo Federal já se empenhava no desenvolvimento da vacina Oxford/Astra Zenica com a Fiocruz.
    Caso a relação BOLSODORIA fosse séria da parte do Dória, ao invés de chamar Bolsonaro de irresponsável desde 2019 e de querer sair na frente com seu programa de vacinação (sem vacina), poderíamos ter simultaneamente duas vacinas aprovadas e produzidas no pais, para atender emergencialmente um programa nacional. Como não entendo de vacinas procuro me orientar com o que nos informam os “cientistas”, portanto aceito a que tiver disponível, mas, preferia poder optar, até porque na minha idade serei preferencial e tomar a vacina com 50% de eficácia, necessariamente vou ter que ficar em casa com a patroa. Penso que melhor seria, o programa atender neste plano emergencial aos trabalhadores de atividades essenciais expostos à transmissão.

  10. se é para falar de políticos, como estão fazendo aqui, por que estão esquecendo o supremo ex-presidiário que disse que “estão reclamando de estádios pois poderiamos estar construindo hospitais. isso é um absurdo” então se é para falar de culpados, esse ex-presidiário é o principal culpado por tudo que está acontecendo no país com relação a saúde. lembro que manaus tem um estádio para zero times e zero torcidas capazes de lotar o mesmo. aliás, aproveito para pedir para a Oeste, que façam pesquisas e reportagens de como 7 milhões de brasileiros foram salvos. por que isso não existe em lugar nenhum? fora os tantos milhões pelo mundo. seria de grande valia para termos a noção do que foi bem feito pelos hospitais, médicos e políticos, sim, pois se são culpados na morte são na salvação também. por que esse silêncio?

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês