Covid-19: Brasil registra novo recorde de curados

Covid-19: Brasil registra novo recorde de pacientes curados
-Publicidade-
SP - CORONAVÍRUS/SP/BLOQUEIOS - GERAL - Bloqueio no trânsito na Avenida Santos Dumont com a Avenida do Estado, na zona     norte da cidade de São Paulo, na manhã desta terça-feira, 05. A Prefeitura de São     Paulo iniciou na segunda-feira, 04, o bloqueio parcial de quatro avenidas para     estimular a população ao isolamento social e impedir o avanço do novo coronavírus.     Por meio da Secretaria de Mobilidade e Transportes, nesta terça, 05, a prefeitura     ampliou esta quantidade de vias que estão sofrendo interdições. Três vias contam     com bloqueios alternativos e outras quatro seguem apenas com uma faixa de     rolamento liberada.     05/05/2020 - Foto: FELIPE RAU/ESTADÃO CONTEÚDO
SP - CORONAVÍRUS/SP/BLOQUEIOS - GERAL - Bloqueio no trânsito na Avenida Santos Dumont com a Avenida do Estado, na zona norte da cidade de São Paulo, na manhã desta terça-feira, 05. A Prefeitura de São Paulo iniciou na segunda-feira, 04, o bloqueio parcial de quatro avenidas para estimular a população ao isolamento social e impedir o avanço do novo coronavírus. Por meio da Secretaria de Mobilidade e Transportes, nesta terça, 05, a prefeitura ampliou esta quantidade de vias que estão sofrendo interdições. Três vias contam com bloqueios alternativos e outras quatro seguem apenas com uma faixa de rolamento liberada. 05/05/2020 - Foto: FELIPE RAU/ESTADÃO CONTEÚDO

Os picos de óbitos e novos casos confirmados não se repetem há mais de um mês

-Publicidade-

Nesta terça-feira, 21, mais de 56 mil novos pacientes venceram o coronavírus, segundo informações do Ministério da Saúde. Um recorde desde o começo da pandemia. A proporção de curados também está num nível inédito e animador. Os picos nos números de casos confirmados e óbitos relatados em um único dia foram registrados em junho e parecem ter ficado para trás.

Atualmente, o número total de recuperados está em 1.465.970. A melhor marca até então havia sido registrada em 14 de julho, com 54.731 novos curados. Isso significa que, dos 2.159.654 pacientes contaminados pelo vírus chinês, 67,9% estão livres da doença.

Com 81.487 mortes, a quantidade de óbitos sem dúvida assusta quando observada isoladamente. Contudo, a letalidade da doença apresenta um número bem menos assustador, de 3,8%, e abaixo da média mundial, hoje em 4,1%.

O registro de novos casos não passou de 41.008 nesta terça-feira e, de mortes, ficou em 1.367. Os picos no registro de óbitos e novos casos confirmados foram, respectivamente, 1.473 e 54.771 – o primeiro no dia 4 de junho e, o segundo, em 19 de junho. Ambos, portanto, há mais de um mês.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

  1. Há mais de um es que o vírus vem sendo vencido. A taxa de letalidade e mais baixo do que no resto do mundo w par A um país da oeopicao do Brasil é um dado excelente. Se não fosse a subida dos números no sul o Brasil já estaria numa condição vem .alto e além dessa. Mas vamos vencer

  2. Entendo que a taxa de recuperados já está em 70,5% ou seja:
    Total infectados menos óbitos = 2.078.167

    1.465.970 recuperados / 2.078.167 infectados ativos = 70,5% recuperados.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.