Doria mantém 4 regiões do Estado de SP em confinamento

Somente os serviços essenciais estão liberados nas zonas administrativas de Araçatuba, Campinas, Franca e Ribeirão Preto
-Publicidade-
Doria: confinamento segue em parte do Estado de SP | Foto: DIVULGAÇÃO/GESP
Doria: confinamento segue em parte do Estado de SP | Foto: DIVULGAÇÃO/GESP | doria - confinamento - estado de sp

Somente os serviços essenciais estão liberados nas zonas administrativas de Araçatuba, Campinas, Franca e Ribeirão Preto

doria - confinamento - estado de sp
Doria: confinamento segue em parte do Estado de SP | Foto: DIVULGAÇÃO/GESP

Em meio às críticas recebidas publicamente por ao menos 15 prefeitos de seu próprio partido, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), resolveu estender o confinamento em pelo menos quatro regiões do Estado. Na manhã desta sexta-feira, 10, ele definiu que Araçatuba, Campinas, Franca e Ribeirão Preto seguirão em “alerta vermelho” até o fim de julho.

-Publicidade-

Leia mais: “TJ permite reabertura de escolas, bares e salões no Distrito Federal

Dessa forma, municípios que compõem os quatro “Departamentos Regionais de Saúde” permanecerão impedidos de retomar atividades do comércio. De acordo com a imposição da equipe de Doria, apenas os serviços considerados essenciais podem funcionar nessas localidades. Nesse sentido, municípios que não registraram nenhuma morte em decorrência da covid-19 têm a retomada econômica prejudicada. Em junho, seis em cada 10 cidades do Estado de SP não tinham sequer um único registro de morte, conforme noticiou Oeste.

Além das partes sob “alerta vermelho”, há 11 regiões paulistas que estão na chamada “fase laranja”. Classificação que permite que parte do comércio por apenas quatro horas diárias e com funcionamento restrito a 20% da capacidade. Regra que vale, por exemplo, para escritórios, imobiliárias, comércio de rua, shoppings e concessionárias.

Assim, as 11 regiões de São Paulo em “alerta laranja” são:

  1. Araraquara;
  2. Barretos;
  3. Bauru;
  4. Marília;
  5. Piracicaba;
  6. Presidente Prudente;
  7. São João da Boa Vista;
  8. São José do Rio Preto;
  9. Sorocaba;
  10. Sub-região Norte da Grande SP;
  11. Taubaté.
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.