-Publicidade-

‘Lancet’ ‘despublica’ artigo sobre hidroxicloroquina

Três dos autores de estudo que afirmavam que medicamento causava males cardíacos e morte em pacientes com covid-19 pediram retratação.
Após retratação de autores de estudo falso sobre hidroxicloroquina, <i>The Lancet<i/> também teve de se retratar | Foto: The-Lore.com/Unsplash
Após retratação de autores de estudo falso sobre hidroxicloroquina, The Lancet também teve de se retratar | Foto: The-Lore.com/Unsplash | the lancet - retratação - hidroxicloroquina

Três dos autores de estudo que afirmavam que medicamento causava males cardíacos e morte em pacientes com covid-19 pediram retratação

the lancet - retratação - hidroxicloroquina
Após retratação de autores de estudo falso sobre hidroxicloroquina, The Lancet também teve de se retratar | Foto: The-Lore.com/Unsplash

Um dia depois do jornal britânico The Guardian provar que a empresa americana que forneceu os dados sobre o estudo observacional sobre a hidroxicloroquina e um dos autores da pesquisa e dono da companhia — Sapan Dasai — serem desmascarados, a revista The Lancet publicou nota de retratação dos outros três autores.

Nela, eles afirmam que, após auditoria independente dos dados, já não podem mais ter certeza da veracidade do material analisado e, portanto, dos resultados obtidos.

Isso fez com que a revista também informasse a retratação do estudo, que é o passo que leva os cientistas a não poderem mais utilizar o material para seus estudos futuros.

Quando a pesquisa agora desacreditada foi publicada na Lancet e no New England Journal of Medicine, em 22 de maio, a Organização Mundial da Saúde retirou a hidroxicloroquina dos testes com medicamentos que podem ajudar no tratamento do coronavírus. Após o escândalo e a expressão de preocupação das revistas, a OMS voltou atrás e retomou a utilização da substância.

No Brasil, os bons resultados obtidos na rede particular e nos planos de saúde com a cloroquina e com a hidroxicloroquina levaram o Ministério da Saúde a adotar um protocolo de tratamento com a medicação.

Leia também: A SOLUÇÃO QUE VENCEU A IDEOLOGIA – O Brasil perdeu tempo discutindo se a hidroxicloroquina é ou não “de direita”. Enfim, vamos ao que interessa: o uso do remédio no tratamento da covid-19

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 comentários

  1. Todos aqueles que malevolamente a utilização plena da H cloroquina, inclusive governadores, deveriam ser punidos criminalmente e as famílias, daqueles que perderam a vida sem chance de usá-la, indenizadas.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês